Edição do dia 16/07/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Prefeitura decreta ponto facultativo dia 26
GERAL
Isnar Amaral estará no Espaço de Vie
GERAL
De olho no futuro do comércio
ECONOMIA
Comerciantes veem futuro positivo
ECONOMIA - Reformas propostas pelo governo Bolsonaro lançam esperança na economia local
Liquidações prometem aquecer as vendas
ECONOMIA
Restaurante da Gruta dos Índios: Novas instalações inauguram nesta quinta-feira
GERAL - Com espaço ampliado, estabelecimento vai preservar a cultura alemã oferecendo alimentos, bebidas típicas e artigos em um só local e fora de época
Cisvale poderá facilitar a abertura de novas agroindústrias
ECONOMIA - Entraves burocráticos que têm tornado demorada a liberação de alvarás poderão acabar
Evento de moda e beleza prepara noite de gala
VARIEDADES
HSC sedia curso do Coren sobre código de ética
SAÚDE
Vamos ajudar a Duda!
VARIEDADES
Colégio Dom Alberto: há 17 anos proporcionando ensino de qualidade
EDUCAÇÃO
Gesc embarcou no último domingo para os EUA
GERAL - Participantes saíram rumo ao Jamboree Mundial que reunirá aproximadamente 45 mil pessoas
Premiados no município serão conhecidos na próxima quinta-feira
EMPRESARIAL
Assembleia vai eleger o novo presidente
GERAL - Concessão da RSC-287 estará em pauta durante a reunião
Bom companheirismo - Permanente Bandeira
OPINIÃO
Aposentadoria Especial e continuidade na função insalubre
OPINIÃO
Sobre a Reforma da Previdência
OPINIÃO
Etapa de Santa Cruz: Piloto argentino retorna à Stock Car
ESPORTES

Quantas pessoas declararam IR em Santa Cruz?

Dentro do prazo 29.355 contribuintes prestaram contas à Receita Federal

ECONOMIA - 04/05/2019

Conforme o Delegado da Receita Federal Leomar Padilha as declarações desse ano representaram um crescimento de 8,39%Conforme o Delegado da Receita Federal Leomar Padilha as declarações desse ano representaram um crescimento de 8,39% Crédito: Sara Rohde

Quem precisou declarar o Imposto de Renda (IR) teve até a última terça-feira, 30, para prestar contas à Receita Federal. Quem não efetuou a declaração dentro do prazo precisará arcar com uma multa de 1% do imposto devido ao mês. O valor mínimo fica em R$ 165,74 e o máximo 20% sobre o imposto devido.
No Brasil 30,5 milhões de pessoas precisavam declarar o IR nesse ano. Em Santa Cruz do Sul o esperado pela Receita Federal era de 28.460 declarações, mas, conforme o Delegado da Receita Federal, Leomar Padilha, até a terça-feira, 29.355 pessoas fizeram a declaração do IR. 
Em 69 municípios das regiões do Vale do Rio Pardo, Vale do Taquari e parte do Vale do Caí, atendidos pela Delegacia da Receita Federal em Santa Cruz, um total de 154.090 pessoas fizeram a declaração. “Este número representou um crescimento de 8,39% em relação ao ano passado o que superou nossas expectativas, pois esperávamos receber 148.200 declarações, ou seja, foram 5.593 declarações a mais”, disse Padilha.
Segundo o Delegado quem ainda não conseguiu enviar a declaração dentro do prazo deve declarar o quanto antes, “se o imposto de renda não for declarado, além de haver multa crescente de 1% o contribuinte pode ter sérios problemas, pois o CPF é bloqueado e ele fica com diversas restrições”, explicou. 
Para saber quantas pessoas faltam para declarar o IR é preciso esperar todas as empresas entregarem suas declarações, “os bancos precisam entregar suas declarações de movimentação financeira semestral, declarações de cartão de crédito, dados que coletamos de diversas fontes, notas fiscais, tudo isso deve ser juntado, processado e avaliado. É muito difícil de nós estimarmos quem deveria declarar ou não”.

PROJETO DESTINAR
Quem não conseguiu declarar o IR dentro do prazo (30 de abril) não poderá mais destinar parte do imposto devido ao Projeto Destinar, que conta com 39 entidades cadastradas. Para beneficiar crianças e adolescentes atendidos por entidades vinculadas ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), e idosos cadastrados ao Conselho Municipal do Idoso (CMI), há outra forma de ajudar.  
Segundo Padilha é necessário procurar uma entidade filantrópica e solicitar a conta para depósito. A destinação de 6% do valor do imposto devido pode ser realizada até o dia 31 de dezembro e o recibo de depósito pode ser usado na declaração do ano que vem. O valor exato a destinar pode ser obtido através de um cálculo em uma simulação no site da Receita Federal. 
E para saber o que foi destinado nesse ano é necessário analisar e processar todos os dados coletados dos contribuintes, o que leva em torno de 10 a 12 dias. “O Projeto Destinar tem trabalhado bastante no sentido de divulgar e realizar eventos e a imprensa tem dado um apoio e divulgado constantemente, o que dá um bom resultado. A gente também tem percebido que as pessoas estão mais solidárias, acredito que estamos num movimento de crescimento o que deve refletir também na destinação do IR porque não custa nada contribuir”. Segundo Padilha a previsão é que em 15 de maio já se tenha os resultados.