Edição do dia 17/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Costuras e Reformas Suzana Ramos: ateliê comemora quatro anos
GERAL
Resultado financeiro da 35ª Oktoberfest supera R$ 1,6 milhão
GERAL
Contatos feitos via redes sociais são falsos
GERAL - Instituto Consulpam alerta sobre suposta contratação de equipe para trabalhar no concurso da Prefeitura
Atividades na rede municipal são oferecidas no período das férias
GERAL
Distribuição de fraldas em novo endereço
GERAL
Salário mínimo sobe para R$ 1.045
ECONOMIA - Reajuste decorre da inflação mais alta em 2019
Doces que empoderam mulheres e combatem o trabalho infantil
VARIEDADES
Banco de Móveis já contabiliza mais de duas mil doações
GERAL
Pedido de aposentadoria
GERAL - Passados seis meses de espera, segurado pode exigir agilidade na Justiça
Portas Abertas já realizou 11.064 atendimentos
SAÚDE
Saiba como retirar medicamentos na farmácia de Monte Alverne
SAÚDE
Iniciam as obras do posto de saúde sustentável
SAÚDE - Primeira unidade do Brasil começou a tomar forma na última terça-feira
Tarifa adicional de cheque especial não será cobrada
ECONOMIA
Saúde estuda redistribuição de incentivos estaduais para hospitais
SAÚDE
IPE Saúde amplia pagamentos assistenciais para 2020
SAÚDE
Vacina pentavalente já está disponível em Santa Cruz
SAÚDE
Porto Verão Alegre 2020 passa em Santa Cruz do Sul
VARIEDADES
The Wailers volta ao Rio Grande do Sul
VARIEDADES - Após quatro anos desde o último espetáculo, banda jamaicana retorna tocando os maiores sucessos

Quantas pessoas declararam IR em Santa Cruz?

Dentro do prazo 29.355 contribuintes prestaram contas à Receita Federal

ECONOMIA - 04/05/2019

Conforme o Delegado da Receita Federal Leomar Padilha as declarações desse ano representaram um crescimento de 8,39%Conforme o Delegado da Receita Federal Leomar Padilha as declarações desse ano representaram um crescimento de 8,39% Crédito: Sara Rohde

Quem precisou declarar o Imposto de Renda (IR) teve até a última terça-feira, 30, para prestar contas à Receita Federal. Quem não efetuou a declaração dentro do prazo precisará arcar com uma multa de 1% do imposto devido ao mês. O valor mínimo fica em R$ 165,74 e o máximo 20% sobre o imposto devido.
No Brasil 30,5 milhões de pessoas precisavam declarar o IR nesse ano. Em Santa Cruz do Sul o esperado pela Receita Federal era de 28.460 declarações, mas, conforme o Delegado da Receita Federal, Leomar Padilha, até a terça-feira, 29.355 pessoas fizeram a declaração do IR. 
Em 69 municípios das regiões do Vale do Rio Pardo, Vale do Taquari e parte do Vale do Caí, atendidos pela Delegacia da Receita Federal em Santa Cruz, um total de 154.090 pessoas fizeram a declaração. “Este número representou um crescimento de 8,39% em relação ao ano passado o que superou nossas expectativas, pois esperávamos receber 148.200 declarações, ou seja, foram 5.593 declarações a mais”, disse Padilha.
Segundo o Delegado quem ainda não conseguiu enviar a declaração dentro do prazo deve declarar o quanto antes, “se o imposto de renda não for declarado, além de haver multa crescente de 1% o contribuinte pode ter sérios problemas, pois o CPF é bloqueado e ele fica com diversas restrições”, explicou. 
Para saber quantas pessoas faltam para declarar o IR é preciso esperar todas as empresas entregarem suas declarações, “os bancos precisam entregar suas declarações de movimentação financeira semestral, declarações de cartão de crédito, dados que coletamos de diversas fontes, notas fiscais, tudo isso deve ser juntado, processado e avaliado. É muito difícil de nós estimarmos quem deveria declarar ou não”.

PROJETO DESTINAR
Quem não conseguiu declarar o IR dentro do prazo (30 de abril) não poderá mais destinar parte do imposto devido ao Projeto Destinar, que conta com 39 entidades cadastradas. Para beneficiar crianças e adolescentes atendidos por entidades vinculadas ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), e idosos cadastrados ao Conselho Municipal do Idoso (CMI), há outra forma de ajudar.  
Segundo Padilha é necessário procurar uma entidade filantrópica e solicitar a conta para depósito. A destinação de 6% do valor do imposto devido pode ser realizada até o dia 31 de dezembro e o recibo de depósito pode ser usado na declaração do ano que vem. O valor exato a destinar pode ser obtido através de um cálculo em uma simulação no site da Receita Federal. 
E para saber o que foi destinado nesse ano é necessário analisar e processar todos os dados coletados dos contribuintes, o que leva em torno de 10 a 12 dias. “O Projeto Destinar tem trabalhado bastante no sentido de divulgar e realizar eventos e a imprensa tem dado um apoio e divulgado constantemente, o que dá um bom resultado. A gente também tem percebido que as pessoas estão mais solidárias, acredito que estamos num movimento de crescimento o que deve refletir também na destinação do IR porque não custa nada contribuir”. Segundo Padilha a previsão é que em 15 de maio já se tenha os resultados.