Edição do dia 20/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Havan é inaugurada em Santa Cruz
GERAL - Filial santa-cruzense abriu pela primeira vez na manhã de hoje
Feriado em Santa Cruz do Sul
GERAL - Saiba como funcionarão os principais serviços nesta sexta-feira, 20
Livro Dois meninos será lançado em Santa Cruz
VARIEDADES
JTI promove a língua inglesa entre colaboradores
GERAL
Equipes da Afubra realizam avaliações nas lavouras atingidas
GERAL
100 anos Sicredi VRP: Solenidade marca os 100 anos
ESPECIAIS
100 anos Sicredi VRP: Programação intensa durante todo o ano
ESPECIAIS
Dia do Contador: A saúde financeira do seu negócio depende dele
ESPECIAIS - Conheça um pouco mais sobre a profissão do contador e sua data comemorativa
Mensagem pelo Dia do Contador
ESPECIAIS - Rugard Kanitz - presidente do Sincotec VARP
Dia do Contador: Conheça os vencedores da 6ª edição do Concurso de Redação Tributação e Cidadania
ESPECIAIS
Preservação da cultura alemã no traje oficial
VARIEDADES
As donas das flores
GERAL - O trabalho delas é cultivar a natureza que enfeita a cidade
Shopping Santa Cruz recebe convidadas para bate-papo
GERAL - Quatro mulheres estarão à frente do evento de troca de experiências
Irmãos de Axé visitam Terreiro de Candomblé na Bahia
GERAL
Galo tem jogos importantes no final de semana
ESPORTES
Copa CFC Celso abre decisão em Linha Santa Cruz
ESPORTES
Assaf encara a Assoeva no Ginásio da Unisc neste sábado
ESPORTES
SCS Skate Contest: um incentivo ao esporte
ESPORTES

Segundona Gaúcha: Presidente do Galo lamenta desclassificação

ESPORTES - 19/06/2019

A direção do Santa Cruz lamenta a desclassificação do time na Segundona Gaúcha. O empate em 0x0 no último domingo, em Bagé, sentenciou a permanência do Futebol Clube Santa Cruz na terceira divisão do futebol gaúcho. O Galo até teve um bom começo com o comando do técnico do Dárley Costa. Venceu algumas partidas com destaque para os atacantes Fogaça e Guilherme Wegmann.
Contudo, a equipe decaiu e foi necessário mudanças na comissão técnica e no elenco de jogadores. Jair Galvão chegou para mudar tudo. Lesões e qualidade técnica levaram a direção a contratar mais jogadores. Alguns não foram bem e outros ajudaram. Entre os que nem estrearam está o goleiro Thierry, que nem chegou a jogar. O meia Gustavinho, que pediu para sair em seguida, foi pouco utilizado depois da chegada do novo treinador. O atacante Igor Nobre, que até ajudou em alguns jogos. Com a lesão do Fogaça, ele assumiu a artilharia do time.
Porém, as mudanças não foram suficientes para engrenar e seguir adiante na competição. Segundo o presidente Tiago Rech, o ideal seria jogar o segundo semestre para dar seguimento ao trabalho dos jovens: “Eu queria, mas acho muito difícil. Seria fundamental para dar sequência principalmente aos meninos da casa”.
Rech entende que somente uma grande mudança fará o Santa Cruz ter futebol no segundo semestre: “Para isso ocorrer, seria necessária uma grande mobilização”. O presidente informou que o acerto com o técnico Jair Galvão, já ocorreu e o mesmo já não está mais em Santa Cruz. (JM)