Edição do dia 24/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Brigada Militar prende suspeito com animal abatido
POLÍCIA
Saboreares: opção de qualidade o ano inteiro
EMPRESARIAL
Mecânica do Fernando: há nove anos prestando serviços de qualidade
EMPRESARIAL
Sabores deliciosos é na CremoLatto Sorvetes
EMPRESARIAL
O que você precisa saber sobre vagas para idosos e deficientes
GERAL
Cepru Unisc: Inscrições para Instrutor de Trânsito estão abertas
GERAL
Vegetação na Av. do Imigrante obstrui visão de motoristas
GERAL - Apesar de todo embelezamento, cidadãos reclamam que plantas prejudicam o trânsito
Mais seis escolas da rede municipal estão sendo revitalizadas
EDUCAÇÃO - Pintura interna e externa, aquisição de mobiliário, reforma nas quadras esportivas, instalação de playground, entre outros serviços estão sendo realizados
Vestibular solidário da Uninter ajuda escolas carentes
GERAL
Exposição fotográfica do Capsia está sendo realizada no Shopping Santa Cruz
VARIEDADES
O que o Novo Cemai terá de diferente?
SAÚDE
Campanha visa arrecadar material escolar
GERAL - Criada por um grupo de torcedores do Inter, ação se estende até o dia 15 de fevereiro
Brinqmania realiza festa beneficente para Juju
GERAL
Segunda edição do Bailinho da Borges está confirmada
VARIEDADES - O evento será realizado dia 15 de fevereiro, na Rua Borges do Medeiros
Literatura Brasileira dos Catarinenses
OPINIÃO
MP denuncia mais um vereador por 'rachadinha'
POLÍTICA - Alceu Crestani (PSDB) também teria mantido um funcionário fantasma em Monte Alverne
Aproveite seu verão no Park Nativo
GERAL
Novo valor da passagem gera controvérsia
ECONOMIA - Promotor de Defesa Comunitária vê espaço para cálculo com tarifa menor

Grupo inicia implantação de Horto Medicinal

SAÚDE - 28/06/2019

40 espécies de plantas medicinais foram plantadas no Horto40 espécies de plantas medicinais foram plantadas no Horto Crédito: Divulgação/PMNC

O Grupo de Saúde Popular Comunitária iniciou a implantação de um Horto Medicinal no município de Novo Cabrais. O objetivo da iniciativa é constituir um espaço de multiplicação das espécies- matéria-prima para os cursos e o espaço do cuidado das pessoas-, bem como constituição de um banco germoplasma de plantas medicinais. O Horto foi iniciado com o plantio de 40 espécies e está localizado nas dependências da Escola Estadual Ensino Fundamental Pedro Lovato, no Cortado. 
Segundo o coordenador pedagógico do Centro de Referência em Saúde Popular Comunitária, Marcos Zerbielli, o Horto será implantado gradativamente, junto com uma horta e um pomar. O próximo passo será a catalogação e identificação das plantas, através de placas com o nome popular e científico de cada uma. As mudas plantadas no local foram levadas das propriedades dos participantes.
Para Zerbielli o plantio das mudas no Horto foi um momento muito especial. “Através de nossa ação e dedicação transformamos um sonho em realidade e fortalecemos nossa convicção do cuidado da vida através dos recursos naturais. E se realizamos este sonho, podemos nos dar o direito de sonhar e realizar sonhos ainda maiores”, comenta. Outra ação é o registro e sistematização de todas as atividades que serão desenvolvidas no Centro para que este conhecimento contribua para a melhoria da qualidade de vida das pessoas que por ali passarem.

Grupo de Saúde Popular Comunitária é o responsável pela iniciativaGrupo de Saúde Popular Comunitária é o responsável pela iniciativa Crédito: Divulgação/PMNC

SOBRE O CENTRO DE REFERÊNCIA

O Centro de Referência em Saúde Popular Comunitária é um espaço de formação de agentes populares de cura, visando um apoio mútuo à socialização do conhecimento técnico/científico e do conhecimento produzido no meio popular, que venham estabelecer novas relações das mulheres e dos homens, com eles mesmos, com seus semelhantes e com a natureza, gerando mudanças substanciais na sociedade.
O local busca organizar e promover a popularização da Saúde Popular Comunitária mediante estudos e intercâmbios das práticas ancestrais e naturais de cura. Além disso, propõe e desenvolve ações e práticas populares de saúde que garantam o uso e a aplicação da Saúde Popular Comunitária por agentes populares de cura, como responsabilidade alicerçada no direito subjetivo de garantir a saúde e a vida de todos.