Edição do dia 13/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Solidariedade declara apoio a Telmo
POLÍTICA
Saiba como ter desconto especial no IPTU do ano que vem
GERAL
A Hipnose pode auxiliar no autodesenvolvimento de forma eficaz
EMPRESARIAL - Especialista desmistificou tema e apontou benefícios da técnica no Café Empresarial
Reforma Tributária é tema da apresentação de Rigotto em Santa Cruz
GERAL
Dada a largada para a Semana Farroupilha
GERAL - Abertura aconteceu no Parque de Eventos na manhã desta sexta-feira
Fórum atrai dois secretários de Estado a Santa Cruz do Sul
GERAL - Representantes de todas as 28 regiões estiveram na Unisc nessa quinta-feira
Lino e Laila serão tema do Novo Cemai
GERAL
Aulas de autoescola com ou sem simulador de direção?
GERAL
Sessão especial para o ensino médio
VARIEDADES
Estudante de Santa Cruz conquista certificado de excelência internacional
EDUCAÇÃO
RGE instala aquecedores solares nas residências de 150 famílias
GERAL
Embarques devem superar os US$ 2 bilhões
GERAL
Depressão deve ser tratada no início, afirma especialista
ESPECIAIS - Mulheres sofrem de depressão duas vezes mais do que os homens
Tributo a Herb Alpert é hoje
VARIEDADES - Teatro do Mauá recebe apresentação às 20h
Sociedade Ginástica: Jantar Baile marca comemoração dos 126 anos
EMPRESARIAL
Farmácia Municipal reabre na segunda no novo prédio
SAÚDE
Grupo Tholl traz Casinha de Chocolate
VARIEDADES
18,2 mil exemplares foram vendidos
VARIEDADES - Além do sucesso em vendas, o público também compareceu e lotou a Praça Getúlio Vargas

Alto Paredão reivindica melhorias

SAÚDE - 09/07/2019

Posto de saúde de Paredão atende moradores da regiãoPosto de saúde de Paredão atende moradores da região Crédito: Grasiel Grasel

Grasiel Grasel
grasiel@riovalejornal.com.br

O atendimento médico não tem sido satisfatório para os moradores de Alto Paredão, 12º distrito do município. A reclamação é sobre falta de um médico fixo no posto de saúde e atendimento apenas uma vez na semana, o que segundo representantes locais não é o suficiente para a população estimada em mais de 1,8 mil habitantes. Entidades representativas já estão em negociação com o poder executivo para resolver a situação.
Os mais afetados são idosos e gestantes, que acabam não tendo um acompanhamento médico adequado, pois cada profissional os atende de uma forma e recomenda medicações diferentes, confundindo especialmente os mais velhos. “O distrito todo fica desprotegido não tendo médico todos os dias”, reclama Linos Wermuth, presidente da Associação Pró-Desenvolvimento de Alto Paredão (APRODAP), e acrescenta que por vezes moradores precisam se deslocar até o município vizinho, Boqueirão do Leão, e pagar por uma consulta particular já que não conseguem atendimento no dia.
O Secretário da Saúde, Régis de Oliveira Junior, explica que o problema vem de uma falta geral de profissionais no Programa Mais Médicos, pois o município conta atualmente com quatro médicos a menos no programa, um deles sendo o que atendia Alto Paredão, que pediu demissão. “Para não deixar a região sem atendimento estamos trabalhando mediante escala médica, com profissional contratado pelo município, porque tem muitos bairros sem médico e não há perspectiva por parte do governo federal para normalizar este atendimento”, explica.
De acordo com Linos, o profissional do Programa Mais Médicos que atendia a região reclamava dos custos que envolvem se deslocar até o distrito, tendo que enfrentar quase 30Km de estradas sem pavimentação. “Ele disse que, se tem o mesmo salário trabalhando na cidade, pra quê vai se deslocar até Paredão?”, conta Linos.
Para sanar o problema, o poder executivo encaminhou um projeto de lei para a Câmara de Vereadores propondo pagar um vale transporte no valor de R$600 ao médico que se dedicar a atender a região. “É uma tentativa do município de atrair um profissional do Programa Mais Médicos para trabalhar de segunda a sexta-feira lá”, comenta o secretário Régis. O projeto entrou em pauta na sessão desta segunda-feira, 8.
Para tratar do projeto de lei e da frequência de um profissional de saúde do quadro do município, uma reunião irá acontecer na Secretaria da Saúde na manhã desta terça, 9 de julho às 10h. Entidades representativas e moradores de Paredão estão convidados a participar.