Edição do dia 24/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Brigada Militar prende suspeito com animal abatido
POLÍCIA
Saboreares: opção de qualidade o ano inteiro
EMPRESARIAL
Mecânica do Fernando: há nove anos prestando serviços de qualidade
EMPRESARIAL
Sabores deliciosos é na CremoLatto Sorvetes
EMPRESARIAL
O que você precisa saber sobre vagas para idosos e deficientes
GERAL
Cepru Unisc: Inscrições para Instrutor de Trânsito estão abertas
GERAL
Vegetação na Av. do Imigrante obstrui visão de motoristas
GERAL - Apesar de todo embelezamento, cidadãos reclamam que plantas prejudicam o trânsito
Mais seis escolas da rede municipal estão sendo revitalizadas
EDUCAÇÃO - Pintura interna e externa, aquisição de mobiliário, reforma nas quadras esportivas, instalação de playground, entre outros serviços estão sendo realizados
Vestibular solidário da Uninter ajuda escolas carentes
GERAL
Exposição fotográfica do Capsia está sendo realizada no Shopping Santa Cruz
VARIEDADES
O que o Novo Cemai terá de diferente?
SAÚDE
Campanha visa arrecadar material escolar
GERAL - Criada por um grupo de torcedores do Inter, ação se estende até o dia 15 de fevereiro
Brinqmania realiza festa beneficente para Juju
GERAL
Segunda edição do Bailinho da Borges está confirmada
VARIEDADES - O evento será realizado dia 15 de fevereiro, na Rua Borges do Medeiros
Literatura Brasileira dos Catarinenses
OPINIÃO
MP denuncia mais um vereador por 'rachadinha'
POLÍTICA - Alceu Crestani (PSDB) também teria mantido um funcionário fantasma em Monte Alverne
Aproveite seu verão no Park Nativo
GERAL
Novo valor da passagem gera controvérsia
ECONOMIA - Promotor de Defesa Comunitária vê espaço para cálculo com tarifa menor

Alto Paredão reivindica melhorias

SAÚDE - 09/07/2019

Posto de saúde de Paredão atende moradores da regiãoPosto de saúde de Paredão atende moradores da região Crédito: Grasiel Grasel

Grasiel Grasel
[email protected]

O atendimento médico não tem sido satisfatório para os moradores de Alto Paredão, 12º distrito do município. A reclamação é sobre falta de um médico fixo no posto de saúde e atendimento apenas uma vez na semana, o que segundo representantes locais não é o suficiente para a população estimada em mais de 1,8 mil habitantes. Entidades representativas já estão em negociação com o poder executivo para resolver a situação.
Os mais afetados são idosos e gestantes, que acabam não tendo um acompanhamento médico adequado, pois cada profissional os atende de uma forma e recomenda medicações diferentes, confundindo especialmente os mais velhos. “O distrito todo fica desprotegido não tendo médico todos os dias”, reclama Linos Wermuth, presidente da Associação Pró-Desenvolvimento de Alto Paredão (APRODAP), e acrescenta que por vezes moradores precisam se deslocar até o município vizinho, Boqueirão do Leão, e pagar por uma consulta particular já que não conseguem atendimento no dia.
O Secretário da Saúde, Régis de Oliveira Junior, explica que o problema vem de uma falta geral de profissionais no Programa Mais Médicos, pois o município conta atualmente com quatro médicos a menos no programa, um deles sendo o que atendia Alto Paredão, que pediu demissão. “Para não deixar a região sem atendimento estamos trabalhando mediante escala médica, com profissional contratado pelo município, porque tem muitos bairros sem médico e não há perspectiva por parte do governo federal para normalizar este atendimento”, explica.
De acordo com Linos, o profissional do Programa Mais Médicos que atendia a região reclamava dos custos que envolvem se deslocar até o distrito, tendo que enfrentar quase 30Km de estradas sem pavimentação. “Ele disse que, se tem o mesmo salário trabalhando na cidade, pra quê vai se deslocar até Paredão?”, conta Linos.
Para sanar o problema, o poder executivo encaminhou um projeto de lei para a Câmara de Vereadores propondo pagar um vale transporte no valor de R$600 ao médico que se dedicar a atender a região. “É uma tentativa do município de atrair um profissional do Programa Mais Médicos para trabalhar de segunda a sexta-feira lá”, comenta o secretário Régis. O projeto entrou em pauta na sessão desta segunda-feira, 8.
Para tratar do projeto de lei e da frequência de um profissional de saúde do quadro do município, uma reunião irá acontecer na Secretaria da Saúde na manhã desta terça, 9 de julho às 10h. Entidades representativas e moradores de Paredão estão convidados a participar.