Edição do dia 13/12/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Santa Cruz perde Arno Frantz
GERAL - Ex-prefeito da cidade faleceu na manhã de ontem, de uma parada respiratória
Obrigado, "seu Arno"
EDITORIAL
Pagamento do IPVA com desconto começa dia 17 de dezembro
ECONOMIA
Aulas deverão ser concluídas somente em 2020
EDUCAÇÃO
Senac-RS lança edital para distribuição de vagas gratuitas
GERAL
Lei Geral de Proteção de Dados é tema de evento
GERAL
Novo Cabrais: Quadra de esportes da Linha São João é inaugurada
ESPORTES - Local foi construído pela prefeitura municipal, através de uma emenda parlamentar de Luiz Carlos Heinze
Novo Cabrais: Programação de Natal ocorre nesta sexta-feira
VARIEDADES - Evento contará com diversas atrações no Centro Desportivo Municipal
Novo Cabrais: Projeto sobre meio ambiente é desenvolvido na Teófilo
GERAL
Receita Estadual entrega dados de sonegação ao Ministério Público do RS
ECONOMIA
Saque imediato do FGTS
GERAL - Bolsonaro sanciona lei que aumenta limite
TSE aprova normas para eleição municipal de 2020
GERAL
NAAC realiza o 1º Seminário de Tradutores e intérpretes de Libras
GERAL
Christkindfest: Desfile Natalino é destaque no fim de semana
VARIEDADES
Senac inscreve para curso de Design
GERAL
Christkindfest 2019: Espetáculo Alma Única no dia 18 de dezembro
VARIEDADES
RGE investiu R$ 45,7 milhões no Vale do Rio Pardo
ECONOMIA
Escolas da região doam materiais
EDUCAÇÃO

Jornalismo: função social, essencial

EDITORIAL - 26/07/2019

Muitas pessoas podem entender que o jornalismo é uma profissão que "está morrendo", mas ele possui uma função social que é extremamente relevante. A aproximação que o jornalismo faz com as comunidades, com as pessoas, aponta as questões urgentes que afetam a população, especialmente a população mais pobre.

Por exemplo, uma das questões mais graves no Brasil, é a deficiência no saneamento básico. Nesta semana, a Globo News noticiava a diminuição do investimento em saneamento no país, que voltou ao patamar de 2011. Isso significa que houve uma regressão e uma involução nesse investimento, o que traz uma consequência muito preocupante: somente em 2050, o Brasil poderá universalizar os serviços de água e esgoto tratados. Portanto, somente daqui a 31 anos, toda a população poderá ser atendida em termos de saneamento.

Na sequência, após dar essa notícia, o canal de televisão acionou seus repórteres que estavam localizados em áreas onde há esgoto a céu aberto. Regiões muito pobres do Brasil, onde as condições de vida são muito precárias, e visivelmente, a qualidade da moradia é muito ruim. Pessoas entrevistadas nesses locais assinalaram que o poder público só se aproxima dessas regiões em período eleitoral.

Sem a função jornalística, realidades como essa não poderiam ser evidenciadas para a população, não poderiam ser transmitidas para o público que acompanha o jornalismo. Sem a atividade jornalística, a nossa consciência como sociedade ficaria ainda mais avariada do que já está. Precisamos do jornalismo, sem dúvida. Nossa função está mais do que viva, ela faz pulsar a nossa necessidade de melhorarmos como sociedade.