Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria
Presidente dos Festejos Farroupilhas destaca a importância da cultura gaúcha
VARIEDADES
Tchê Bistrô e Arte: enaltecendo a tradição gaúcha
VARIEDADES
A força buscada nos versos
VARIEDADES
Cavalos passarão por inspeção antes do desfile
VARIEDADES - Além da Guia de Transporte Animal (GTA), será exigida apresentação de comprovantes para verificar as condições de saúde do animal
CTG de Paredão entregará 500kg em doações
VARIEDADES
Segurança Pública será reforçada em 36 municípios
POLÍCIA - Municípios da região receberão um total de aproximadamente R$ 2 milhões
Assaf vai encarar a Assoeva nas quartas de final
ESPORTES

Conversando um pouco sobre o processo de fazer Análise

ESPECIAIS - 27/08/2019

Crédito: Pixabay

Por que ir num Psicólogo? 

Para Carl G. Jung, criador da Psicologia Analítica, também conhecida como Psicologia Junguiana, o processo terapêutico é um processo educativo no qual o paciente é convidado a renunciar às ilusões que tem a seu próprio respeito, para deixar brotar algo muito mais profundo, maior e mais belo dentro de si. 
As pessoas, quando educadas do ponto de vista da alma, desenvolvem um conhecimento mais profundo acerca de si mesmas, reconhecendo a importância do amor-próprio e, fazendo desse sentimento a base de orientação para suas escolhas frente a vida. 
O autoconhecimento também leva a uma diminuição das projeções, onde paramos de culpar os outros ou a própria vida por aquilo que nos chega enquanto experiências. 
Enquanto houver uma mancha negra na vidraça de uma janela, uma sombra será projetada. Assim fazemos também com aquilo que não reconhecemos dentro de nós mesmos, projetando nas coisas e pessoas que se encontram ao nosso redor. Acabamos não percebendo que é o nosso reflexo que se impõe a nós mesmos sem o percebermos! 
Se possuis algo a resolver, o faça o quanto antes, pois quanto mais limpa a janela, mais ela poderá brilhar, sem a necessidade de refletir naqueles que nos acompanham em nossa jornada.
O papel da psicoterapia, portanto, é muito mais amplo do que a recuperação de traumas passados, ela é também um libertador de padrões internos que nos aprisionam, pressupostos falsos que precisam ser reelaborados e que muitas vezes nos impedem que vivamos de maneira mais plena a nossa vida. 
Clarissa Pinkola Estés, em seu livro A Ciranda das Mulheres Sábias, nos conta uma conversa extremamente profunda que em algum momento ao final de nossa jornada teremos com a nossa ‘alma’; conversa esta que reflete sobre a importância desse processo de escolhermos com muito cuidado a maneira pela qual nos colocamos frente a nós mesmos e o mundo: 
"Ah, minha Criatura admirável... Seja bem-vinda... Entre, entre... Estou esperando por você e pelo seu espírito! Fico feliz por você ter conseguido encontrar o caminho... Venha, sente-se comigo um pouco. Pronto, vamos fazer uma pausa, deixando de lado todos os nossos 'inúmeros afazeres'. Haverá tempo suficiente para todos eles mais tarde... 
Em um dia distante, quando chegarmos as portas do paraíso, posso lhe garantir que ninguém vai nos perguntar se limpamos bem as rachaduras na rua. O que é mais provável, é que no portal do paraíso queiram saber com que intensidade escolhemos viver; não por quantas 'ninharias de grande importância’ nos deixamos dominar (...).” 

Ramona Schoerpf - Psicoterapeuta Junguiana - CRP - 07 12172