Edição do dia 18/02/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

RGE na Praça estará em Santa Cruz nesta terça-feira
GERAL
Lixo eletrônico será recolhido nos bairros
GERAL
Avenida já projeta amistoso contra o Passo Fundo
ESPORTES - Treinador quer diminuir os erros visando a estreia em março
Terreiro realiza festa de Yemanjá
RELIGIÃO
Mantenedora do CVV em Santa Cruz necessita de doações
SAÚDE
Quantas famílias são beneficiadas com aluguel social?
GERAL
Projeto também chega ao CRAS Beatriz
GERAL
Inscrições abertas para a oficina de costura
GERAL
Campanha incentiva doação de órgãos
SAÚDE
HSC abre edital para 2ª chamada da residência médica
SAÚDE
Corte a gordura, não corte os músculos
OPINIÃO
O Imposto do pecado (parte 2)
OPINIÃO
A vida é irônica
EDITORIAL
Amigos do Cinema retorna nesta terça-feira
VARIEDADES
Bailinho da Borges reúne 12 mil foliões
GERAL - Realizado no último sábado, 15, grande público marcou presença com fantasias e adereços carnavalescos
Concurso da prefeitura movimenta Santa Cruz
GERAL - Certame gerou grande fluxo de pessoas e focos de congestionamentos na cidade
NPOR incorpora novos alunos
GERAL - Cerimônia foi realizada na manhã de ontem no Pátio Duque de Caxias
Sinprom projeta ano letivo da categoria
EDUCAÇÃO

Mão na Massa Inclusão iniciou nesta segunda-feira

GERAL - 03/09/2019

Projeto iniciou nesta segunda no Cras Integrar, do Bairro Bom JesusProjeto iniciou nesta segunda no Cras Integrar, do Bairro Bom Jesus Crédito: Luiz Fernando Bertuol/SECOM

O estudante Rafael Pappen, de 20 anos, que tem surdez, estava ansioso para aprender a fazer um doce chamado cupcake. “Não sei cozinhar, mas quem sabe posso aprender e ter uma profissão no futuro”, declarou. Rafael está entre os dez alunos inscritos na primeira turma do projeto Mão na Massa Inclusão, que iniciou nesta segunda-feira, 2, no Cras Integrar, do Bairro Bom Jesus. Além dele, outras pessoas que apresentam deficiência intelectual, síndrome de down e autistas, estão incluídas no projeto. Até final de setembro, serão quatro encontros, sempre às segundas-feiras, das 13h30 às 16h30min.
Segundo a secretária de Políticas Públicas, Guiomar Rossini Machado, a ideia é oportunizar que todas as pessoas possam se sentir incluídas e assim desenvolvam suas habilidades na culinária. “Nosso objetivo é dar oportunidade. As pessoas com alguma deficiência têm os mesmos direitos que as demais. E ficamos muito felizes que as pessoas que estão aqui hoje, é porque acreditam que são capazes”, afirmou.  
Ainda segundo ela, o Mão na Massa Inclusão é oferecido a interessados de todo o Município. “Estou satisfeita porque já temos lista de espera para o próximo grupo”, acrescentou. Guiomar estima que até o fim de ano, incluindo as outras turmas que participam da iniciativa, é de que mais de cem pessoas tenham participado do curso. A diretora do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Daniela Laner, prestigiou a primeira aula. “O projeto condiz com o lema do Senac, que é mudar vidas. E ficamos muito felizes em poder contribuir para a vida de vocês”, afirmou. 
Interessados em participar do projeto devem estar inscritos no Cadastro Único e ter idade mínima de 14 anos. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3713-4288.