Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Tiarayu é o grande campeão do Enart
VARIEDADES - Candeeiro da Amizade, de Vera Cruz, venceu a força B
CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL

O estudante universitário precisa de ajuda

Pesquisas sobre a saúde mental no ensino superior soam um alerta

SAÚDE - 10/09/2019

Grasiel Grasel
[email protected]

Nem sempre a universidade tem sido um ambiente de desenvolvimento pessoal dos estudantes de graduação. Por vezes, a pressão do ambiente universitário e o modelo de sociedade com altos níveis de exigência dentro e fora do mercado de trabalho são motivo do surgimento de problemas emocionais. De acordo com a V Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos Graduandos das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes), 83,5% dos alunos admitem ter alguma dificuldade emocional.
A pesquisa, promovida pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), realizada em maio deste ano, apontou que 32,4% dos estudantes de graduação e pós-graduação estão ou já estiveram em atendimento psicológico, destes, 39,9% já usaram ou estão em uso de medicamentos psiquiátricos. Ainda mais preocupante são os 4,9% que já usaram ou usam tais medicamentos sem nunca terem consultado um profissional.
A ansiedade é um dos maiores problemas relacionados à saúde mental, com 6 em cada 10 estudantes já diagnosticados, no entanto, ela chega a evoluir para casos mais graves por diversas vezes: 10,8% dos estudantes disseram já ter pensado em morrer de alguma forma e, preocupantemente, 8,5% diz ter pensamento suicida, um número 4,5% maior em relação à mesma pesquisa realizada no ano passado.

UNISC OFERECE APOIO

Na Unisc, o principal órgão capaz de atender estudantes que sintam a necessidade de buscar ajuda psicológica profissional é o Núcleo de Apoio Acadêmico (Naac). O foco do núcleo são questões relacionadas a dificuldades emocionais, de aprendizagem e/ou recursos de acessibilidade, oferecendo uma equipe multiprofissional capaz de acolhê-los.
Conforme afirma Daniela Nobre, psicóloga do Naac há cinco anos, a procura por ajuda tem se intensificado bastante, especialmente em 2019. Ela diz que aparentemente este não é um caso isolado da universidade ou do país, “isso é um reflexo do contexto que estamos vivendo. No mundo todo o índice de suicídios aumentou muito, principalmente entre jovens e em alguns casos até mesmo crianças”, explica.

PEÇA AJUDA

Em casos em que o núcleo não possui a estrutura necessária para atender o estudante, um encaminhamento adequado a um profissional da rede privada ou ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), sempre tendo o cuidado para envolver da forma correta o curso do aluno para que o problema seja compreendido e também sua família, “é muito importante que este paciente tenha um apoio familiar em casa”, diz Daniela.
A psicóloga explica a importância de o estudante estar atento a si mesmo, perceber seus sentimentos e suas emoções, como está seu ânimo diante das suas rotinas, motivações e objetivos. Após essa análise, caso perceba que não está bem e que se sente triste e desmotivado, o aluno deve buscar ajuda de alguém próximo e também de um profissional da área da saúde. “Não guardar esses sentimentos só para si, compartilhar e buscar apoio são atitudes fundamentais!”, diz ela, apontando que nem sempre pessoas próximas poderão perceber que o estudante não está bem.