Edição do dia 13/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Solidariedade declara apoio a Telmo
POLÍTICA
Saiba como ter desconto especial no IPTU do ano que vem
GERAL
A Hipnose pode auxiliar no autodesenvolvimento de forma eficaz
EMPRESARIAL - Especialista desmistificou tema e apontou benefícios da técnica no Café Empresarial
Reforma Tributária é tema da apresentação de Rigotto em Santa Cruz
GERAL
Dada a largada para a Semana Farroupilha
GERAL - Abertura aconteceu no Parque de Eventos na manhã desta sexta-feira
Fórum atrai dois secretários de Estado a Santa Cruz do Sul
GERAL - Representantes de todas as 28 regiões estiveram na Unisc nessa quinta-feira
Lino e Laila serão tema do Novo Cemai
GERAL
Aulas de autoescola com ou sem simulador de direção?
GERAL
Sessão especial para o ensino médio
VARIEDADES
Estudante de Santa Cruz conquista certificado de excelência internacional
EDUCAÇÃO
RGE instala aquecedores solares nas residências de 150 famílias
GERAL
Embarques devem superar os US$ 2 bilhões
GERAL
Depressão deve ser tratada no início, afirma especialista
ESPECIAIS - Mulheres sofrem de depressão duas vezes mais do que os homens
Tributo a Herb Alpert é hoje
VARIEDADES - Teatro do Mauá recebe apresentação às 20h
Sociedade Ginástica: Jantar Baile marca comemoração dos 126 anos
EMPRESARIAL
Farmácia Municipal reabre na segunda no novo prédio
SAÚDE
Grupo Tholl traz Casinha de Chocolate
VARIEDADES
18,2 mil exemplares foram vendidos
VARIEDADES - Além do sucesso em vendas, o público também compareceu e lotou a Praça Getúlio Vargas

CVV: Muito mais que uma escuta amigável

Centro de Valorização da Vida realiza diversas atividades de conscientização

ESPECIAIS - 10/09/2019

Para conscientizar as pessoas que passam na quadra em frente ao CAPS II foram colocados balões amarelos com frases de Promoção da Vida. A iniciativa foi do próprio CAPS IIPara conscientizar as pessoas que passam na quadra em frente ao CAPS II foram colocados balões amarelos com frases de Promoção da Vida. A iniciativa foi do próprio CAPS II Crédito: Viviane Fetzer

Sara Rohde
sara@riovalejornal.com.br

Com a chegada de setembro inicia o trabalho intenso de valorização da vida. E uma campanha alusiva ao mês foi estabelecida, é o Setembro Amarelo, que visa conscientizar sobre a prevenção ao suicídio com a realização de diversas atividades em prol da inibição da prática de violência. A proposta foi criada no Brasil em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) com o objetivo de associar o amarelo ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, dia 10 de setembro. 
O CVV realiza um trabalho importante com o objetivo de articular esforços da sociedade civil e governamental para a promoção de ações de prevenção e valorização da vida. Um destes trabalhos é a escuta sigilosa de apoio a quem necessita através do telefone 188. O atendimento é prestado 24 horas por dia, gratuitamente e serve para ouvir as pessoas que precisam de ajuda, querem conversar, carecem de uma escuta amigável.
Neste mês a entidade realiza diversas ações e campanhas contra a prática e em Santa Cruz do Sul não é diferente, já que há uma grande preocupação devido ao município estar na lista das localidades do interior do estado com o maior número de mortes. Só nos últimos dez anos, para cada 100 mil habitantes foram registrados 16 suicídios. 
De acordo com a presidente e vice-coordenadora do CVV em Santa Cruz do Sul, Naira Zanette, dos motivos que levam uma pessoa ao suicídio estão diversas situações, “quando uma pessoa comete suicídio ela não quer terminar com a vida dela e sim acabar com a dor que já não suporta naquele momento”, salientou.
Segundo Naira a depressão se manifesta de diferentes formas. É possível identificá-la ao perceber que uma pessoa não quer comer, não quer sair de casa, fica mais isolada, não tem vontade de trabalhar, não tem perspectivas, sente solidão, angústia, síndrome do pânico, deixa de cuidar de si, tem desânimo, culpa, ódio de si. “É preciso observar, principalmente, quando a pessoa fala algo assim: se eu sumir ou morrer, não farei falta. Ela também pode optar por alcoolismo ou outras drogas, existem inúmeras situações que são ditas como sintomas”.
Assim que iniciou o mês o CVV intensificou as ações alusivas à campanha do ‘Setembro Amarelo’ e palestras, participação em rodas de conversa em empresas e instituições públicas ou privadas estão sendo realizadas. Entre as ações uma importante atividade marcará a programação no dia 14 de setembro, é a escuta presencial que ocorrerá na Praça Getúlio Vargas, das 9 horas ao meio dia. 
Apesar da escuta presencial ter pouca demanda, ela tem a mesma função das ligações pelo número 188. “Dedicamos nossa atenção totalmente a escuta presencial, pois a pessoa quer ser ouvida, ela não quer que alguém opine sobre o que está sentindo. Muitas vezes as pessoas nos atendimentos presenciais ou mesmo por telefone, apenas choram e a ouvimos também, afinal o choro também é uma expressão de desabafo. Aliás, com o passar do tempo o voluntário passa a ter uma percepção maior de quem está no outro lado ou mesmo presencial e a deixa à vontade para se expressar da forma que mais a convier”.
O Centro de Valorização da Vida é uma Franquia Social mantida pela Associação Amigos da Vida de Santa Cruz do Sul a qual é filantrópica, ou seja, sem fins lucrativos. Mas, para ajudar a manter este trabalho são realizadas ações beneficentes como galinhada anual, rifas e outras formas de arrecadação de valores.
Quem puder e quiser ajudar pode depositar qualquer valor em conta na Caixa Econômica Federal (Ag 0500 - Conta 2684-0 - Operação 013), CNPJ Associação Amigos da Vida de Santa Cruz do Sul 07.708.506/0001-65. 
O CVV também necessita de mais voluntários e quem tiver interesse em colaborar basta entrar em contato através do e-mail: secretaria.santacruzdosul@cvv.org.br, Facebook CVV Santa Cruz do Sul ou na Recepção Corpo de Bombeiros informando nome e número de telefone para contato.

CVV Comunidade 
Tanto antes quanto depois, a ajuda e o apoio emocional são essenciais. Um exemplo é o CVV Comunidade, que disponibiliza diversos atendimentos como Grupos de Apoio aos Sobreviventes de Suicídio (GASS), destinado a pessoas próximas de alguém que cometeu o suicídio e àquelas que tentaram o suicídio; Caminho de Renovação Contínua (CRC), para reflexão e troca de experiências; Cine-SER CVV, exibição de filmes com comentários e reflexões;  Curso Caminho de Valorização da Vida, no qual se busca o autoconhecimento por meio do compartilhamento de vivências do dia-a-dia, com dez encontros de duas horas cada; e Curso de Escutatória, que visa aprimorar as habilidades em ver, ouvir, falar e compreender, com foco no atendimento pessoal. Outras inúmeras atividades também fazem parte do CVV Comunidade, incluindo palestras sobre vários temas, Semana de Valorização da Vida, eventos na comunidade (Sipat, ações globais, etc). Os interessados em solicitar a participação dos voluntários do CVV também podem enviar solicitação ao e-mail secretaria.santacruzdosul@cvv.org.br.

Onde procurar ajuda 

CVV: 188
CAPSIA: 3711 1706
CAPS AD III: 3713 3103
CAPS II: 3715 3711
SAMU: 192
UPA, PA, POSTOS DE SAÚDE DO BAIRRO