Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Nota da Prefeitura esclarece atendimentos na saúde feitos por sindicatos
SAÚDE - Ajustes que foram estabelecidos em comum acordo são apresentados
Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente

CVV: Muito mais que uma escuta amigável

Centro de Valorização da Vida realiza diversas atividades de conscientização

ESPECIAIS - 10/09/2019

Para conscientizar as pessoas que passam na quadra em frente ao CAPS II foram colocados balões amarelos com frases de Promoção da Vida. A iniciativa foi do próprio CAPS IIPara conscientizar as pessoas que passam na quadra em frente ao CAPS II foram colocados balões amarelos com frases de Promoção da Vida. A iniciativa foi do próprio CAPS II Crédito: Viviane Fetzer

Sara Rohde
[email protected]

Com a chegada de setembro inicia o trabalho intenso de valorização da vida. E uma campanha alusiva ao mês foi estabelecida, é o Setembro Amarelo, que visa conscientizar sobre a prevenção ao suicídio com a realização de diversas atividades em prol da inibição da prática de violência. A proposta foi criada no Brasil em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) com o objetivo de associar o amarelo ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, dia 10 de setembro. 
O CVV realiza um trabalho importante com o objetivo de articular esforços da sociedade civil e governamental para a promoção de ações de prevenção e valorização da vida. Um destes trabalhos é a escuta sigilosa de apoio a quem necessita através do telefone 188. O atendimento é prestado 24 horas por dia, gratuitamente e serve para ouvir as pessoas que precisam de ajuda, querem conversar, carecem de uma escuta amigável.
Neste mês a entidade realiza diversas ações e campanhas contra a prática e em Santa Cruz do Sul não é diferente, já que há uma grande preocupação devido ao município estar na lista das localidades do interior do estado com o maior número de mortes. Só nos últimos dez anos, para cada 100 mil habitantes foram registrados 16 suicídios. 
De acordo com a presidente e vice-coordenadora do CVV em Santa Cruz do Sul, Naira Zanette, dos motivos que levam uma pessoa ao suicídio estão diversas situações, “quando uma pessoa comete suicídio ela não quer terminar com a vida dela e sim acabar com a dor que já não suporta naquele momento”, salientou.
Segundo Naira a depressão se manifesta de diferentes formas. É possível identificá-la ao perceber que uma pessoa não quer comer, não quer sair de casa, fica mais isolada, não tem vontade de trabalhar, não tem perspectivas, sente solidão, angústia, síndrome do pânico, deixa de cuidar de si, tem desânimo, culpa, ódio de si. “É preciso observar, principalmente, quando a pessoa fala algo assim: se eu sumir ou morrer, não farei falta. Ela também pode optar por alcoolismo ou outras drogas, existem inúmeras situações que são ditas como sintomas”.
Assim que iniciou o mês o CVV intensificou as ações alusivas à campanha do ‘Setembro Amarelo’ e palestras, participação em rodas de conversa em empresas e instituições públicas ou privadas estão sendo realizadas. Entre as ações uma importante atividade marcará a programação no dia 14 de setembro, é a escuta presencial que ocorrerá na Praça Getúlio Vargas, das 9 horas ao meio dia. 
Apesar da escuta presencial ter pouca demanda, ela tem a mesma função das ligações pelo número 188. “Dedicamos nossa atenção totalmente a escuta presencial, pois a pessoa quer ser ouvida, ela não quer que alguém opine sobre o que está sentindo. Muitas vezes as pessoas nos atendimentos presenciais ou mesmo por telefone, apenas choram e a ouvimos também, afinal o choro também é uma expressão de desabafo. Aliás, com o passar do tempo o voluntário passa a ter uma percepção maior de quem está no outro lado ou mesmo presencial e a deixa à vontade para se expressar da forma que mais a convier”.
O Centro de Valorização da Vida é uma Franquia Social mantida pela Associação Amigos da Vida de Santa Cruz do Sul a qual é filantrópica, ou seja, sem fins lucrativos. Mas, para ajudar a manter este trabalho são realizadas ações beneficentes como galinhada anual, rifas e outras formas de arrecadação de valores.
Quem puder e quiser ajudar pode depositar qualquer valor em conta na Caixa Econômica Federal (Ag 0500 - Conta 2684-0 - Operação 013), CNPJ Associação Amigos da Vida de Santa Cruz do Sul 07.708.506/0001-65. 
O CVV também necessita de mais voluntários e quem tiver interesse em colaborar basta entrar em contato através do e-mail: [email protected], Facebook CVV Santa Cruz do Sul ou na Recepção Corpo de Bombeiros informando nome e número de telefone para contato.

CVV Comunidade 
Tanto antes quanto depois, a ajuda e o apoio emocional são essenciais. Um exemplo é o CVV Comunidade, que disponibiliza diversos atendimentos como Grupos de Apoio aos Sobreviventes de Suicídio (GASS), destinado a pessoas próximas de alguém que cometeu o suicídio e àquelas que tentaram o suicídio; Caminho de Renovação Contínua (CRC), para reflexão e troca de experiências; Cine-SER CVV, exibição de filmes com comentários e reflexões;  Curso Caminho de Valorização da Vida, no qual se busca o autoconhecimento por meio do compartilhamento de vivências do dia-a-dia, com dez encontros de duas horas cada; e Curso de Escutatória, que visa aprimorar as habilidades em ver, ouvir, falar e compreender, com foco no atendimento pessoal. Outras inúmeras atividades também fazem parte do CVV Comunidade, incluindo palestras sobre vários temas, Semana de Valorização da Vida, eventos na comunidade (Sipat, ações globais, etc). Os interessados em solicitar a participação dos voluntários do CVV também podem enviar solicitação ao e-mail [email protected]

Onde procurar ajuda 

CVV: 188
CAPSIA: 3711 1706
CAPS AD III: 3713 3103
CAPS II: 3715 3711
SAMU: 192
UPA, PA, POSTOS DE SAÚDE DO BAIRRO