Edição do dia 15/10/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Calendário de Eventos 2020
GERAL
35ª Oktoberfest: Shows tradicionalistas são atração desta quarta-feira
GERAL - Festa da Alegria terá apresentações do Grupo Fandangaço, às 20h, e Os Serranos, às 22h30, no Lonão
Festa da Alegria recebe 20 mil pessoas no Dia da Maturidade Ativa
GERAL - Mais de 40 grupos e excursões de todo o Estado estiveram na 35ª Oktoberfest nesta terça-feira, 15 de outubro
Dia do Professor: educação para a erradicação do trabalho infantil
GERAL - Conheça a história de dois profissionais que estão na linha de frente do programa ARISE, iniciativa que muda a realidade de crianças e adolescentes
Praça da Cultura levará o nome de José Paulo Rauber Filho
GERAL - Inauguração do local ocorreu no sábado, 12 e contou com a presença da família do homenageado
Terça-feira será de ponto facultativo nas escolas
GERAL - Além das escolas municipais e estaduais, algumas particulares também não terão aula neste dia
Dia do Eletricista é nesta quinta-feira
GERAL - Data marca a importância do profissional habilitado
Inscrições abertas para a Escola de Educação Infantil
GERAL - Há vagas gratuitas e pagas para crianças de 4 e 5 anos
Rodrigo Solda é o novo presidente
GERAL - Além dele, outros prefeitos foram empossados para a diretoria e conselho fiscal do biênio 2020/2021
Evento discute problemas do contrabando e a pirataria
GERAL - Palestra apresentou dados sobre as ameaças do mercado ilegal para a economia
Sicredi Vale do Rio Pardo enaltece o cooperativismo durante o desfile da 35ª Oktoberfest
GERAL
Quase 17 milhões já foram emprestados pelo município
GERAL
Primeiros dias de Oktoberfest superam 54,6 mil pessoas pagantes
GERAL - Semana segue repleta de atrações
Fala, professor!
EDUCAÇÃO - Especial Dia do Professor
Histórico da data
EDUCAÇÃO - Especial Dia do Professor
O profissional que dedica a sua vida a ensinar
EDUCAÇÃO - Especial Dia do Professor
O big bang é o Operacional Divino
OPINIÃO
Permitir não é obrigar
OPINIÃO

Quem foi Paixão Côrtes?

Com a chegada da Semana Farroupilha vale lembrar da personalidade gaúcha

ESPECIAIS - 13/09/2019

Paixão Côrtes foi um dos idealizadores do movimento tradicionalista no Rio Grande do Sul e fundou em meados de 1948 o Centro de Tradições Gaúchas (CTG)Paixão Côrtes foi um dos idealizadores do movimento tradicionalista no Rio Grande do Sul e fundou em meados de 1948 o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Crédito: Divulgação

Nascido em 12 de julho de 1927, João Carlos D'Ávila Paixão Côrtes, mais conhecido como Paixão Côrtes teve um grande vínculo com a cultura gaúcha. Folclorista, foi um dos idealizadores do movimento tradicionalista no Rio Grande do Sul, juntamente com Luiz Carlos Barbosa Lessa e Glauco Saraiva e fundou em meados de 1948 o Centro de Tradições Gaúchas (CTG), seguindo da criação do Conjunto Folclórico Tropeiros da Tradição em 1953.
Paixão Côrtes tinha a cultura gaúcha como o seu chão, apesar de ser formado em agronomia. A escolha da profissão veio da família, já que seu pai era agrônomo, mas sua mãe tinha dotes musicais, aí que entrou o toque do gosto pela cultura.
Realizou pesquisa da cultura, como hábitos e costumes para recuperar traços da história do Rio Grande do Sul. Criador de indumentárias, danças, canções e músicas, registrando seu conhecimento em discos e diversas publicações, foi a inspiração para a criação da Estátua do Laçador, obra do escultor Antônio Caringi.
Ao longo das décadas de 40 e 50 Paixão Côrtes esteve à frente de solenidades marcadas pela cultura tradicionalista, incluindo a Chama Crioula, o Desfile dos Cavalarianos e a Ronda Crioula. Após, em 1960, Côrtes se levou pelas apresentações artísticas na Europa, onde passou um período divulgando a cultura tradicionalista. Em 1964 recebeu o prêmio com o Melhor Cantor Masculino de Folclore do Brasil.
A turnê seguiu em 1984 quando foi à Inglaterra e ficou durante um mês divulgando traduções de seus livros. E foram inúmeros momentos marcantes na vida da personalidade que logo em 2003 lançou seu mais novo manual de danças como Valsa da mão trocada, Mazurca Marcada, Mazurca Galopeada, Sarna, Grachaim.
Paixão Côrtes faleceu no ano passado aos 91 anos em função da saúde fragilizada e de complicações devido a idade. Deixou um legado grande que rendeu a história da cultura gaúcha do Rio Grande do Sul. 

A inspiração para a criação da Estátua do Laçador, obra do escultor Antônio Caringi, foi o tradicionalista Paixão CôrtesA inspiração para a criação da Estátua do Laçador, obra do escultor Antônio Caringi, foi o tradicionalista Paixão Côrtes Crédito: Divulgação