Edição do dia 18/10/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Os últimos dias da 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Confira o que aconteceu nesta semana e o que vai movimentar o fechamento da festa
1ª Semana Lixo Zero: Tudo pronto na programação
GERAL - Objetivo é incluir o município na lista de cidades com o título Lixo Zero, concedida pelo ILZ
Menos barulho nas comemorações de fim de ano
GERAL - Assembleia Legislativa aprovou dois projetos referentes ao uso de fogos de artifício
Evento apresenta o que há de melhor em arquitetura
GERAL - Os ambientes foram decorados por profissionais renomados
Equipe do Colégio Mauá se destaca no Nacional
GERAL
Novo Cabrais: Novas soberanas serão conhecidas nesta sexta
VARIEDADES
Novo Cabrais: Uma história que se constrói a cada dia
GERAL - Município comemora 23 anos de emancipação político-administrativa com desenvolvimento e progresso
Novo Cabrais: Saúde realiza atividade de prevenção
SAÚDE
Novo Cabrais: Feira de Saúde terá palestras sobre depressão e suicídio
SAÚDE - Evento tratará tema que vem em crescente demanda no município e na região e também oferecerá serviços gratuitos
Empregar RS disponibilizará 50 vagas
GERAL
Marcel Knak é o novo coordenador
GERAL - Ele será responsável por atender 23 municípios da região
Fios de Esperança: um ato de amor
GERAL - Projeto voluntário promove a autoestima e melhora a qualidade de vida de pacientes com câncer
Dia do médico: Celebre o profissional que cuida da sua saúde
ESPECIAIS
Dia do pintor: Eles dão mais cor ao nosso mundo
ESPECIAIS
Farsul em Campo: Seminário teve um dia repleto de atividades
GERAL - Evento contou com a participação de aproximadamente 150 pessoas
Pompéia de cara nova
EMPRESARIAL - A loja ampliou o espaço e o mix de produtos
Influencers Live Show: Gravações iniciam na próxima semana
GERAL - O programa vai ao ar a partir do dia 2 de novembro
Entrega de recursos ocorre na próxima terça-feira
GERAL

Aulas de autoescola com ou sem simulador de direção?

GERAL - 13/09/2019

Thartieri Assmann: 'eu acho importante o uso de simuladores principalmente para as pessoas que nunca tiveram contato com um veículo'Thartieri Assmann: 'eu acho importante o uso de simuladores principalmente para as pessoas que nunca tiveram contato com um veículo' Crédito: Sara Rohde

Atualizada às 14h17 desta sexta-feira, 13

Sara Rohde
[email protected]

Desde 2014 os Centros de Formação dos Condutores (CFCs) passaram a implementar o uso obrigatório de simuladores de direção veicular no Rio Grande do Sul. Para alguns motoristas uma facilidade a mais no aprendizado, já para outros, um uso desnecessário. A obrigatoriedade, além de culminar no acréscimo de valor na CNH, elevou o número de horas aulas.
Mas a Resolução 778/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que entrará em vigor no próximo dia 16 de setembro definiu a redução da carga horária de aulas práticas e o uso facultativo do simulador. As novas regras são aplicáveis, inclusive, para os candidatos que já tiverem iniciado o processo de formação, assim, a partir desta data aqueles candidatos que já tiverem cumprido a carga horária das aulas práticas exigidas pela referida resolução estarão aptos a realizar o exame prático de direção veicular. 
A decisão agrava a situação financeira dos CFCs devido ao alto investimento em equipamentos, manutenção e recursos humanos. Conforme a Diretora de Ensino do CFC Intelligence de Santa Cruz do Sul, Thartieri Assmann, restringir o uso dos simuladores é uma forma apenas de baratear a CNH, mas não foi pensado na questão do aprendizado e da didática. “Eu acho importante o uso de simuladores principalmente para as pessoas que nunca tiveram contato com um veículo e não sabem dirigir. O simulador é uma introdução às aulas práticas, o aluno vai ter o contato inicial com os pedais, câmbio de marchas e acaba diminuindo o medo. Se o simulador não é usado o aluno perde as aulas práticas iniciais para aprender essas funções”.  
É oportuno lembrar que a diminuição da carga horária na formação do condutor, com o objetivo de reduzir custos sem olhar a qualidade da formação, não veio acompanhada de mudança na exigência aos CFCs de alteração no índice de aprovação. O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) reduz a carga horária, mas mantém a exigência aos CFCs destes índices assim como o grau de exigência em prova prática.
Com a obrigatoriedade do aparelho são necessárias 25 aulas práticas, sendo 20 aulas de carro e cinco no simulador. Atualmente esse número está reduzido para 20 aulas práticas no total. “Na verdade o aluno tem a opção de fazer, por exemplo, 15 aulas práticas e cinco aulas no simulador, mas se não tiver um número razoável de alunos a optar pelo simulador não vale a pena para a empresa continuar com esse serviço”, explicou. 
Caso não seja obrigatória a utilização, outra destinação será dada ao simulador de direção, vai depender do número de alunos que preferirem o método de aula, mas se tiver pouco interesse haverá um prejuízo. Para se ter uma ideia o CFC Intelligence arcou na época com um gasto de aproximadamente R$ 40 mil. Havia duas opções, ou adquiria o aparelho, ou se pagava por aula. Mas mesmo adquirindo o simulador, é cobrado um custo mensal da empresa de aproximadamente R$ 2 a R$ 3 mil. 

Enquanto não sai a decisão, quem se inscrever para a primeira habilitação pode optar em realizar as aulas no simuladorEnquanto não sai a decisão, quem se inscrever para a primeira habilitação pode optar em realizar as aulas no simulador Crédito: Divulgação

Suspensão da Resolução 778/2019

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, em decisão de um recurso movido pelo Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do Estado do Rio Grande do Sul (SindiCFC-RS), suspendeu a Resolução 778/2019. O motivo, de acordo com o Desembargador Rogério Favreto, é de que não é possível tornar seu uso opcional sem qualquer avaliação após cinco anos da implantação dos simuladores, o que na época foi realizado através de estudos técnicos que evidenciaram a redução dos acidentes de trânsito. 
Em breve o Denatran e o Detran devem ter conhecimento legal da decisão e comunicarão os CFCs para informar os procedimentos que devem ser adotados. Até que isso ocorra, o CFC Intelligence estará esclarecendo aos seus alunos os cenários possíveis. 
Enquanto não sai a decisão, quem se inscrever para primeira habilitação pode optar em realizar as aulas no simulador, mas a orientação conforme Thartieri é de que o aluno faça a prova prática após o dia 16 de setembro para não precisar arcar com a diferença de preço.

 

Tabela de preços: 

1ª Habilitação AB (moto e carro):
Com simulador: R$ 3.608,54
Sem simulador: R$ 3.292,69

1ª Habilitação B (carro):
Com simulador: R$ 2.270,76
Sem simulador: R$ 1.954,91

Adição da categoria B:
Com simulador: R$ 1.479,07
Sem simulador: R$ 1.163,22

Observação: Após o fechamento da edição, na noite dessa quinta-feira, 12, o Detran informou a todos os CFCs que em cumprimento à ordem judicial está suspensa no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul a Resolução CONTRAN nº 778/2019. Sendo assim, permanecem em vigor os regramentos estabelecidos atualmente com relação à carga horária dos cursos práticos de direção para ACC, categorias A e B; à carga horária necessária de aulas práticas noturnas; e à obrigatoriedade do uso de simulador de direção veicular no processo de formação de condutores. Ou seja, permanece inalterado o processo de habilitação de condutores.​