Edição do dia 13/12/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Pagamento do IPVA com desconto começa dia 17 de dezembro
ECONOMIA
Aulas deverão ser concluídas somente em 2020
EDUCAÇÃO
Senac-RS lança edital para distribuição de vagas gratuitas
GERAL
Lei Geral de Proteção de Dados é tema de evento
GERAL
Novo Cabrais: Quadra de esportes da Linha São João é inaugurada
ESPORTES - Local foi construído pela prefeitura municipal, através de uma emenda parlamentar de Luiz Carlos Heinze
Novo Cabrais: Programação de Natal ocorre nesta sexta-feira
VARIEDADES - Evento contará com diversas atrações no Centro Desportivo Municipal
Novo Cabrais: Projeto sobre meio ambiente é desenvolvido na Teófilo
GERAL
Receita Estadual entrega dados de sonegação ao Ministério Público do RS
ECONOMIA
Saque imediato do FGTS
GERAL - Bolsonaro sanciona lei que aumenta limite
TSE aprova normas para eleição municipal de 2020
GERAL
NAAC realiza o 1º Seminário de Tradutores e intérpretes de Libras
GERAL
Christkindfest: Desfile Natalino é destaque no fim de semana
VARIEDADES
Senac inscreve para curso de Design
GERAL
Christkindfest 2019: Espetáculo Alma Única no dia 18 de dezembro
VARIEDADES
RGE investiu R$ 45,7 milhões no Vale do Rio Pardo
ECONOMIA
Escolas da região doam materiais
EDUCAÇÃO
Empregador assina a carteira digital pelo eSocial
GERAL
Reuniões com as fumageiras terminam sem definição de preço
ECONOMIA

A corrupção enraizada no Brasil

EDITORIAL - 01/10/2019

A corrupção é um dos maiores problemas da sociedade brasileira e ficou bastante evidenciada em governos recentes. Embora se trate de uma prática antiga na política nacional, os últimos anos e décadas revelaram uma série de casos, gravíssimos, como o mensalão mineiro, o mensalão no Congresso Nacional e o petrolão. Estes lamentáveis acontecimentos foram protagonizados por políticos de direita, centro e esquerda, mostrando que a vida pública brasileira foi marcada por uma crise ética e moral nos últimos tempos. E isto só veio à tona porque temos uma democracia, com a imprensa e as instituições funcionando com liberdade de atuação.
Mas é relevante olhar para um passado mais longínquo, para percebermos que, no Brasil, a corrupção vem de longe sob o prisma do tempo. Em 1936, o jornalista e historiador Sérgio Buarque de Holanda publicou o livro "Raízes do Brasil", em que aborda a formação de nosso país e explicita, entre outros aspectos, a presença do "homem cordial". Esta pessoa "cordial", parte significativa da população brasileira, é alguém que, além de uma aparente simpatia, carrega consigo uma espécie de confusão em sua relação com o público e o privado. Em resumo, ele confunde o público com o privado e, assim, estabelece práticas que acabam levando, entre outras consequências, à corrupção.
O termo "cordial" tem relação com a palavra "coração" e, por isso, esse "coração cordial" parece encarinhar-se por bens que não lhe pertencem, mas com os quais mantém contato.
Fica bem claro que a corrupção no Brasil é assunto antigo, e vai demorar muito para que ela seja superada. O país precisa continuar muito atento a esta questão. Precisamos melhorar, e muito