Edição do dia 21/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Aliança Santa Cruz retorna com carnaval infantil
GERAL - A festa irá ocorrer na Sede Campestre
Sítio Pedagógico: Começam as obras de instalação
GERAL
Empresas podem fazer doações diretas ao Consepro
GERAL
Próxima edição será dia 1º de fevereiro
GERAL - Evento será realizado no campinho do Bom Jesus
Praça da Bandeira: Parklet já tem data para instalação
GERAL
Santa Cruz se despede de Wilson Griesang
GERAL
Concurso público bate recorde de inscritos
GERAL
Novas placas de veículos serão obrigatórias a partir de 31 de janeiro
GERAL
Lei que amplia ficha limpa é decretada
GERAL - A partir de agora quem cometeu crimes está vedado em assumir vagas na Câmara
Saúde na Palma da Mão: saiba como baixar o aplicativo
SAÚDE
Salve, salve a lembrança do herói de Santa Cruz do Sul: Arno Frantz
OPINIÃO
Inovação e transparência devem andar de mãos dadas
OPINIÃO
Benditas são as mentes criadoras que combinam sons e silêncio e os transformam em música
OPINIÃO
Dengue: Santa Cruz registra sete casos de suspeita
SAÚDE - Município está entre 99 do Estado com infestação do mosquito
Projeto sugere isenção de IPTU para estacionamentos
GERAL - Vereador também propôs um aplicativo para registro de gastos e receitas do município
Uma agroindústria que empodera
EMPRESARIAL - Programa Arise possibilitou a abertura de uma empresa no interior
Atleta santa-cruzense busca apoio para disputa de competição na França
ESPORTES
União Corinthians empossa departamento de Judô
ESPORTES

Eduardo Leite discute pacote de reformas do funcionalismo

POLÍTICA - 11/10/2019

Na última segunda-feira, dia 7, o governador Eduardo Leite se reuniu com deputados estaduais da base aliada, em Porto Alegre, para discutir sobre quais serão as estratégias do Piratini para definir os rumos do funcionalismo público do Estado. O objetivo é revisar o estatuto dos servidores, reformular carreiras e rever benefícios, gerando uma economia estimada de 25 bilhões em 10 anos. A medida é uma tentativa de conter o déficit das contas públicas do RS, que no primeiro semestre chegou a R$ 2,27 bilhões, o pior resultado para o período desde 2015.

Até o momento, uma das principais zonas de ataque do governo tende a ser benefícios como adicionais por tempo de contribuição, mas também deverá haver mudanças no abono família que beneficia funcionários com salários mais baixos. Outras alterações importantes para o Piratini estão no Regime de Previdência dos servidores e no plano de carreira do magistério, mas estas duas só deverão entrar em pauta depois da aprovação da reforma da previdência em segundo turno no Senado.

Na reunião da segunda, Leite também buscou encontrar sugestões sobre como apresentar os pacotes de mudança para que todos sejam votados até o final do ano. As dúvidas são se o governo enviará as proposições em um único pacote ou se vai repassá-las separadamente, bem como se o governo deve pedir regime de urgência, o que obrigaria os parlamentares votarem as pautas em até 30 dias.