Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Tiarayu é o grande campeão do Enart
VARIEDADES - Candeeiro da Amizade, de Vera Cruz, venceu a força B
CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL

TecnoUnisc oferece oportunidades de inovação às empresas

EMPRESARIAL - 11/10/2019

Informações foram repassadas aos empresáriosInformações foram repassadas aos empresários Crédito: Fotos Pretzel

“Auxiliar as empresas a inovar é a principal missão do Parque Científico e Tecnológico Regional da UNISC (TecnoUnisc)”. A afirmação do professor Dr. Marco Antonio Fernandes de Oliveira, gestor científico da instituição, é a síntese da palestra que apresentou na edição de outubro do Café Empresarial, ocorrida na manhã desta terça-feira (08), na Associação Comercial e Industrial (ACI) de Santa Cruz. O gestor falou para uma plateia formada em grande parte por empresários sobre as inúmeras possibilidades de desenvolvimento tecnológico e inovação que estão disponíveis no TecnoUnisc, trouxe cases de sucesso para darem depoimentos e colocou a estrutura do Parque à disposição do empresariado regional. Principal evento de netwoking da ACI, o Café Empresarial conta com o patrocínio do Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Universidade de Santa Cruz, Grupo Gazeta de Comunicações e o apoio da Padaria Pritsch.
“Promover a inovação de base tecnológica é o que faz o TecnoUnisc”, define Marco Antônio. Destaca que além da estrutura física, os recursos humanos disponíveis no Parque são diferenciais que podem dar o suporte de alto nível na construção de soluções para os problemas tecnológicos e de inovação das empresas, seja na área de gestão ou de produtos, com grandes ganhos de competitividade. Há inúmeras pesquisas em andamento no campo da saúde, educação e empresarial. Na área corporativa, por exemplo, há o desenvolvimento de softwares para auxiliar na tomada de decisões e inclusive para fazer a inovação. “Qualquer empresa pode se engajar em uma destas pesquisas se entender que tem a ver com o seu negócio ou área de interesse”, afirma.

Como se vincular ao TecnoUnisc

Segundo o gestor científico do TecnUnisc há quatro modalidades de engajamento ao Parque. A incubação, para empreendimentos que queiram se tornar empresas. Geralmente jovens empreendedores que tenham uma “ideia” para colocar em prática. Recebem orientação até que tenham condições de se apresentar a uma banca de avaliadores. Se forem aprovados, permanecem em média dois anos até os negócios estarem consolidados.
Hospedagem, para empresas que queiram se hospedar no parque, ou que tenham um departamento de Pesquisa e Inovação e queiram sediá-lo neste ambiente. Neste caso, a empresa precisa ter um projeto de pesquisa a partir de um problema do negócio que requeira inovação tecnológica.
Já na modalidade de associação a empresa não se hospeda, continua na sua sede normal, e contrata um projeto de pesquisa para também solucionar um problema tecnológico ou de competitividade.
As empresas também podem acessar os programas de pós-graduação, os quais têm patrocínio de bolsistas, que são mestrandos e doutorandos. Sob encomenda da empresa, podem encaminhar pesquisas para solução de problemas.