Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Tiarayu é o grande campeão do Enart
VARIEDADES - Candeeiro da Amizade, de Vera Cruz, venceu a força B
CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL

Racionalismo extremo, à direita e à esquerda

EDITORIAL - 18/10/2019

O racionalismo foi estimulado de forma marcante pelo iluminismo no século 18. À época, filósofos franceses apontavam a razão como grande solução para a humanidade. No século 19, as mais fortes correntes de pensamento acreditavam no progresso definitivo pela via racional, através da ciência. No século 20, o progresso definitivo não se confirmou, pois a atividade científica trouxe, por exemplo, a utilização das câmaras de gás e da bomba atômica. A razão foi duramente caracterizada pela ascensão de regimes totalitários, por duas guerras mundiais e pela destruição ambiental.

É preciso reconhecer que tanto a esquerda quanto a direita foram influenciadas pelo racionalismo. Como expressões da direita, podemos destacar o nazismo (Alemanha), o fascismo (Itália) e o franquismo (Espanha), entre outros. E, à esquerda, um exemplo clássico é a União Soviética, principalmente sob o governo de Stalin. Vale ressaltar que essas ditaduras, de esquerda e de direita, ocorreram no século 20. No caso de Stalin, como tudo começou? Para realizar uma análise, devemos voltar à razão iluminista do século 18. O iluminismo foi uma das bases da teoria de Karl Marx, no século 19. Marx defendia o fim das classes sociais e, por via racional, acreditava que o comunismo traria o progresso definitivo.

Baseada na teoria marxista, ocorreu a Revolução Russa no século 20 (1917). Deste acontecimento surgiu a União Soviética, que foi governada por Stalin a partir de 1924. Segundo o site 'Mundo estranho', a ditadura stalinista teria matado 20 milhões de pessoas.

Essa é uma evidência que mostra o quanto o racionalismo é falho, quando levado para o extremo. Precisamos da ciência e da razão, sim, mas é necessário, também, desenvolver a empatia e o humanismo em nossas mentes e corações.