Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente
Noite de comemorar o fim do 34º Enart
VARIEDADES - CTG porto-alegrense e Candeeiro de Vera Cruz levaram os principais prêmios
O tabu e as evoluções do tratamento do câncer de próstata
SAÚDE - Entenda a importância da conscientização e como a tecnologia tem ajudado no combate

Uma semana de tempestades e prejuízos

Acúmulo de chuva chegou a 430mm neste mês. A média de outubro costuma ser de 266mm

GERAL - 01/11/2019

Água tomou a estrada de chão na rua Irmão Emílio, no Bairro VárzeaÁgua tomou a estrada de chão na rua Irmão Emílio, no Bairro Várzea Crédito: Rolf Steinhaus

Grasiel Grasel
[email protected]

As fortes chuvas registradas ao longo dessa semana, especialmente a da manhã de terça-feira, causaram diversos problemas em Santa Cruz do Sul. Casas ficaram destelhadas, árvores derrubadas e um poste de iluminação pública tombado com os ventos que variaram entre 60 e 100km/h. Somente de quarta a quinta-feira, 68mm de chuva foram registrados na região, levando a alagamentos em diversos pontos das bordas do Rio Pardinho.
A rua Irmão Emílio, no Bairro Várzea, que dá acesso à Praia dos Folgados chegou a ser interrompida na quinta, dia 31. Desde as 6h a Defesa Civil já fazia o transporte de moradores por um caminhão e a previsão era de que o serviço permanecesse ativo até as 22h, caso a água não viesse a baixar. De acordo com a Defesa Civil, a situação do Rio Pardinho seguirá sendo monitorada.
Pequenos destelhamentos foram registrados em 17 residências, 4 árvores caíram e 1 poste de iluminação pública acabou tombado. De acordo com a Afubra, 745 produtores de tabaco reportaram perdas em suas plantações, no entanto, ainda não é possível precisar em valores o montante afetado. Em regiões interioranas foram registradas quedas de árvores, mas as subprefeituras, em parceria com a defesa civil, já liberaram as pistas. Moradores do distrito de Alto Paredão também reportaram falta de energia elétrica.
No trecho da RS 409 que liga Santa Cruz do Sul à Vera Cruz a água não chegou a transbordar a pista, mas algumas casas da região ficaram cercadas pela elevação do Rio Pardinho. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os registros de atendimentos em cidade e nas rodovias têm sido constantes, mas a frequência se mantém dentro da normalidade para dias de chuvas e temporais.
Em caso de danos ocasionados em decorrência de temporais, a Defesa Civil aconselha ligar para o telefone 3717-3473, das 7h às 19 horas, ou para o número 153, da Guarda Municipal, fora deste horário. O órgão disponibiliza lonas para ajudar temporariamente situações de destelhamento, bem como efetivo para solucionar demais problemas causados pelo mau tempo.

Casas às margens do Rio Pardinho foram cercadas pela águaCasas às margens do Rio Pardinho foram cercadas pela água Crédito: Rolf Steinhaus

Prejuízos em números
17 casos de residências com pequenos destelhamentos foram registrados, mas apenas 12 confirmados até o fechamento desta edição: 2 no Arroio Grande, 2 no Bonfim, 1 no Aliança, 2 no Residencial Viver Bem do Dona Carlota, 2 no Senai, 2 no Bom Jesus e 2 em Cerro Alegre Baixo. Os registros de árvores caídas foram 4: 2 no Centro, 1 no Esmeralda e 1 no Dona Carlota. Um poste também foi tombado com os fortes ventos no bairro Arroio Grande.

Alerta sobre a Leptospirose
A Prefeitura de Santa Cruz do Sul divulgou uma nota de aviso para que os moradores tomem cuidado com a água acumulada das chuvas, pois o perigo de contaminação por leptospirose aumenta. Apesar da doença vir da urina do rato, outros animais podem contraí-la e se tornarem transmissores. De acordo com a nota, somente em 2019 já foram registrados 85 casos suspeitos da doença na cidade, 30 foram confirmados, 54 foram descartados e um ainda aguarda resultado. Uma pessoa foi a óbito em decorrência da leptospirose neste ano.