Edição do dia 24/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Brigada Militar prende suspeito com animal abatido
POLÍCIA
Saboreares: opção de qualidade o ano inteiro
EMPRESARIAL
Mecânica do Fernando: há nove anos prestando serviços de qualidade
EMPRESARIAL
Sabores deliciosos é na CremoLatto Sorvetes
EMPRESARIAL
O que você precisa saber sobre vagas para idosos e deficientes
GERAL
Cepru Unisc: Inscrições para Instrutor de Trânsito estão abertas
GERAL
Vegetação na Av. do Imigrante obstrui visão de motoristas
GERAL - Apesar de todo embelezamento, cidadãos reclamam que plantas prejudicam o trânsito
Mais seis escolas da rede municipal estão sendo revitalizadas
EDUCAÇÃO - Pintura interna e externa, aquisição de mobiliário, reforma nas quadras esportivas, instalação de playground, entre outros serviços estão sendo realizados
Vestibular solidário da Uninter ajuda escolas carentes
GERAL
Exposição fotográfica do Capsia está sendo realizada no Shopping Santa Cruz
VARIEDADES
O que o Novo Cemai terá de diferente?
SAÚDE
Campanha visa arrecadar material escolar
GERAL - Criada por um grupo de torcedores do Inter, ação se estende até o dia 15 de fevereiro
Brinqmania realiza festa beneficente para Juju
GERAL
Segunda edição do Bailinho da Borges está confirmada
VARIEDADES - O evento será realizado dia 15 de fevereiro, na Rua Borges do Medeiros
Literatura Brasileira dos Catarinenses
OPINIÃO
MP denuncia mais um vereador por 'rachadinha'
POLÍTICA - Alceu Crestani (PSDB) também teria mantido um funcionário fantasma em Monte Alverne
Aproveite seu verão no Park Nativo
GERAL
Novo valor da passagem gera controvérsia
ECONOMIA - Promotor de Defesa Comunitária vê espaço para cálculo com tarifa menor

A complexidade do aspecto individual

EDITORIAL - 15/11/2019

A discussão sobre coletivismo e individualismo não é nada simples. Vejamos o caso do Renascimento artístico italiano, que exerceu influência sobre vários países europeus no fim da Idade Média e no início da Idade Moderna. Até então predominava um coletivismo religioso, embora houvesse diferenças sociais na Idade Média. Com o Renascimento, o centro ideológico deixou de ser Deus. O ser humano passava a ocupar uma posição central.

Nesse contexto, ocorreu o desenvolvimento do capitalismo, cresciam o comércio e os bancos, com uma classe social em ascensão: a burguesia. A ideologia burguesa era diretamente responsável pela mudança de pensamento que ocorreu na chegada da Idade Moderna. Os burgueses ajudaram a retirar Deus da centralidade e a colocar o ser humano nessa posição. Assim, o indivíduo passou a ganhar destaque.

Em tempos mais recentes, desde que foi desenvolvida a ideologia socialista, a partir do século 19 (pós-Idade Moderna), há uma crítica muito forte ao individualismo, que, de fato, se levado ao extremo, pode levar a consequências bastante ruins. Uma dessas consequências é a desigualdade social. Mas, aí, podemos dizer que o Renascimento foi nocivo ao estabelecer um foco no indivíduo?

Podemos dizer que, em parte, esse foco foi nocivo. Contudo, por outra parte, é possível afirmar que colocar o ser humano como potencializador de realizações, é algo que merece ser bem considerado. A crença em Deus consiste em um pensamento extremamente positivo, mas o valor ao ser humano é importantíssimo para nossa existência. E devemos ressaltar: valorizar o indivíduo é dar relevância ao subjetivo, à diversidade.