Edição do dia 24/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Brigada Militar prende suspeito com animal abatido
POLÍCIA
Saboreares: opção de qualidade o ano inteiro
EMPRESARIAL
Mecânica do Fernando: há nove anos prestando serviços de qualidade
EMPRESARIAL
Sabores deliciosos é na CremoLatto Sorvetes
EMPRESARIAL
O que você precisa saber sobre vagas para idosos e deficientes
GERAL
Cepru Unisc: Inscrições para Instrutor de Trânsito estão abertas
GERAL
Vegetação na Av. do Imigrante obstrui visão de motoristas
GERAL - Apesar de todo embelezamento, cidadãos reclamam que plantas prejudicam o trânsito
Mais seis escolas da rede municipal estão sendo revitalizadas
EDUCAÇÃO - Pintura interna e externa, aquisição de mobiliário, reforma nas quadras esportivas, instalação de playground, entre outros serviços estão sendo realizados
Vestibular solidário da Uninter ajuda escolas carentes
GERAL
Exposição fotográfica do Capsia está sendo realizada no Shopping Santa Cruz
VARIEDADES
O que o Novo Cemai terá de diferente?
SAÚDE
Campanha visa arrecadar material escolar
GERAL - Criada por um grupo de torcedores do Inter, ação se estende até o dia 15 de fevereiro
Brinqmania realiza festa beneficente para Juju
GERAL
Segunda edição do Bailinho da Borges está confirmada
VARIEDADES - O evento será realizado dia 15 de fevereiro, na Rua Borges do Medeiros
Literatura Brasileira dos Catarinenses
OPINIÃO
MP denuncia mais um vereador por 'rachadinha'
POLÍTICA - Alceu Crestani (PSDB) também teria mantido um funcionário fantasma em Monte Alverne
Aproveite seu verão no Park Nativo
GERAL
Novo valor da passagem gera controvérsia
ECONOMIA - Promotor de Defesa Comunitária vê espaço para cálculo com tarifa menor

Vigilância Colaborativa: Programa começa a ser implantado

Lançado nesta semana, o programa disponibiliza imagens captadas em tempo real às autoridades policiais por até sete dias

POLÍCIA - 15/11/2019

Segundo Diniz, o programa será uma referência para Santa Cruz e região em termos de prevenção de delitosSegundo Diniz, o programa será uma referência para Santa Cruz e região em termos de prevenção de delitos Crédito: Rosibel Fagundes

Rosibel Fagundes
[email protected] 

As forças policiais de Santa Cruz do Sul contam com um novo aliado para reforçar a segurança pública. Crimes de roubos de veículos, assaltos, acidentes e outros delitos poderão ser elucidados com maior rapidez. A captação de imagens no momento exato da ocorrência, a identificação e prevenção são os principais objetivos do Programa Vigilância Colaborativa, lançado nesta semana pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) que integra todas as forças de segurança do município. O evento realizado na última terça-feira, 12, no auditório da Associação de Entidades Empresariais (Assemp) de Santa Cruz do Sul, contou com a presença de diversas autoridades, entre elas do promotor do Ministério Público, Erico Barin, do delegado Regional de Polícia Civil, Luciano Menezes, do comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio Pardo (CRPO/VRP), coronel Valmir José dos Reis, além de representantes do Corpo de Bombeiros, Exército, Guarda Municipal e outros órgãos.
Conforme o vice-presidente de Desenvolvimento da Assemp, Eduardo Kroth, as câmeras serão custeadas por empresas públicas e privadas, pessoas físicas, condomínios, entidades e associações que tiverem o interesse em aderir ao programa. Os interessados em participar terão que assinar um Termo de Adesão junto à empresa credenciada, inicialmente a Cindapa. O custo da mensalidade é de R$ 59,90 por aparelho ou locação de acordo com a configuração do equipamento instalado. A Assemp será responsável pelo credenciamento. 
Na oportunidade o coordenador do GGIM, Marcelo Diniz, afirmou que o programa é uma referência para Santa Cruz e a região. “Vai ser uma referência na questão de prevenção. Teremos um trabalho muito grande ainda pela frente que é de disseminar o maior número de câmeras possíveis e a democratização destas imagens de qualquer ponto da cidade aos representantes dos órgãos de segurança. Hoje já temos uma câmera em Monte Alverne, que vai facilitar o trabalho policial naquela região. Todas as imagens serão captadas em tempo real e ficarão à disposição das autoridades policiais por até sete dias”, comentou. 
Atualmente, quando um delito ocorre os órgãos de Segurança Pública tem que recorrer às câmeras privadas existentes em empresas, lojas e residências próximas ao local, o que consequentemente resulta no atraso do trabalho realizado pela polícia. Mesmo assim, o delegado regional Luciano Menezes, afirmou que o videomonitoramento já existente no município, potencializou o número de capturas de infratores e de apreensões de materiais ilícitos, além de auxiliar na localização de veículos frutos de roubos e através deste programa o trabalho só tende a melhorar. “O programa vai possibilitar uma atuação mais imediata da Brigada Militar e também de uma prova mais qualificada em nosso trabalho de investigação. Antes do projeto existir, diversos casos de investigações foram elucidados a partir de imagens coletadas na cidade, acredito que vai ajudar em muito nosso trabalho”, concluiu.

O que é a GGIM?
É um Gabinete de Gestão Integrada Municipal formado pela Prefeitura, Ministério Público, 7º Batalhão de Infantaria Blindado (BIB), Polícia Civil, Brigada Militar, Guarda Municipal, Susepe, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.