Edição do dia 17/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Costuras e Reformas Suzana Ramos: ateliê comemora quatro anos
GERAL
Resultado financeiro da 35ª Oktoberfest supera R$ 1,6 milhão
GERAL
Contatos feitos via redes sociais são falsos
GERAL - Instituto Consulpam alerta sobre suposta contratação de equipe para trabalhar no concurso da Prefeitura
Atividades na rede municipal são oferecidas no período das férias
GERAL
Distribuição de fraldas em novo endereço
GERAL
Salário mínimo sobe para R$ 1.045
ECONOMIA - Reajuste decorre da inflação mais alta em 2019
Doces que empoderam mulheres e combatem o trabalho infantil
VARIEDADES
Banco de Móveis já contabiliza mais de duas mil doações
GERAL
Pedido de aposentadoria
GERAL - Passados seis meses de espera, segurado pode exigir agilidade na Justiça
Portas Abertas já realizou 11.064 atendimentos
SAÚDE
Saiba como retirar medicamentos na farmácia de Monte Alverne
SAÚDE
Iniciam as obras do posto de saúde sustentável
SAÚDE - Primeira unidade do Brasil começou a tomar forma na última terça-feira
Tarifa adicional de cheque especial não será cobrada
ECONOMIA
Saúde estuda redistribuição de incentivos estaduais para hospitais
SAÚDE
IPE Saúde amplia pagamentos assistenciais para 2020
SAÚDE
Vacina pentavalente já está disponível em Santa Cruz
SAÚDE
Porto Verão Alegre 2020 passa em Santa Cruz do Sul
VARIEDADES
The Wailers volta ao Rio Grande do Sul
VARIEDADES - Após quatro anos desde o último espetáculo, banda jamaicana retorna tocando os maiores sucessos

Verão exige cuidados com a pele

Dermatologista Ismael Rauber Schmitt fala sobre os diversos fatores que devemos levar em conta nesta época do ano

SAÚDE - 14/01/2020

Para o dermatologista Ismael Rauber Schmitt são diversos fatores que precisamos observar para curtir o verão sem estressePara o dermatologista Ismael Rauber Schmitt são diversos fatores que precisamos observar para curtir o verão sem estresse Crédito: Rolf Steinhaus

Ricardo Gais
[email protected]

Com a chegada do verão, é normal que as pessoas queiram sair mais de casa, para realizar alguma atividade física ao ar livre ou até mesmo, procurar lugares para descansar e se distraírem, como piscinas, rios e praias. Porém, a radiação solar nesta época do ano está com mais intensidade sobre o Hemisfério Sul, o que não é bom para o ser humano.
Curtir bem o verão é o que todo mundo almeja, para isso, é importante ter alguns cuidados com a nossa saúde e principalmente com a pele, para evitar problemas futuros, como um câncer de pele, causado pela longa exposição junto aos raios ultravioletas (UV), sem qualquer proteção. Com o calor excessivo que está fazendo nos últimos dias, somente passar protetor solar, não ajuda. 
Para entender melhor sobre os cuidados que devemos ter, o dermatologista Ismael Rauber Schmitt, CRM 37028, explica os diversos fatores que precisamos observar, para curtir o verão sem estresse. Evitar o sol entre as 10h e as 16h já é um bom começo, pois os índices de UV estão muito fortes nesse período. Não podendo evitar, sugere-se o uso de protetor solar, que é indicado usar não só quando se está na rua, como também em casa. A Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) recomendam que jamais tenhamos que nos expor ao sol sem qualquer proteção, independente de horário.

A Organização Mundial da Saúde e a Sociedade Brasileira de Dermatologia recomendam que jamais tenhamos que nos expor ao sol sem qualquer proteção, independente de horárioA Organização Mundial da Saúde e a Sociedade Brasileira de Dermatologia recomendam que jamais tenhamos que nos expor ao sol sem qualquer proteção, independente de horário Crédito: Rolf Steinhaus

O uso de filtro solar varia de acordo com a pele de cada pessoa. Os protetores solares liberados pela Agência Nacional da Saúde (Anvisa) podem ser adquiridos sem receita médica, visto que, o dermatologista pode prescrever o filtro solar ideal para cada tipo de pele, podendo ser mais oleosa ou não. A SBD recomenda o uso do protetor fator 30. Se a pessoa possui algum tipo de doença de pele como a Fotossensibilidade e o Melasma, aumenta para o fator 60 ou 70, com orientação de um dermatologista.
A vestimenta do dia a dia pode interferir na proteção da pele. Usando roupas mais escuras, que não sejam muito justas ao corpo e inclusive chapéus, são considerados medidas de primeira linha, pois evitam mais a radiação solar do que o próprio protetor solar.
O câncer de pele não ocorre somente através de uma única exposição ao sol com queimaduras, mas sim, pela decorrência excessiva, ou seja, é um processo que vai ocorrendo diariamente, caso não sejam tomadas as devidas precauções.
No verão são comuns as queimaduras solares, ocasionando uma vermelhidão na pele e após alguns dias a descamação da mesma. Para amenizar a dor, é indicado que se coloque compressas geladas com chá de camomila, passar um hidratante e, caso seja uma queimadura mais grave causando bolhas e se não cuidadas, podem infeccionar sendo recomendado procurar um médico. 
Segundo Ismael, “as pessoas costumam fazer mais consultas no verão, não por causa do câncer de pele, mas porque acontecem muitas infecções fúngicas pelo fato de que a pele acaba suando mais, e o fungo gosta deste ambiente”.