Edição do dia 15/08/2017

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Sub-15 do Cestinha é campeão Sul-Brasileiro de Clubes de 2017
ESPORTES - Projeto do Sesi e da Unisc conquistou título em Caxias do Sul
POE prende foragidos da justiça em Santa Cruz
POLÍCIA - Brigada Militar realizou duas prisões na tarde desta quarta, de pessoas que estavam procuradas
Avenida renova com treinador do Acesso
ESPORTES - Fabiano Daitx vai comandar o Periquito também na Série A
Santa Cruz do Sul recebe a 4ª etapa do Brasileiro de Endurance
ESPORTES - Prova de longa duração acontecerá neste sábado, dia 19 de agosto
Começam nesta quarta-feira as semifinais da Copa do Brasil
ESPORTES - Olhares gaúchos estão voltados para Grêmio x Cruzeiro, na Arena
Detran recicla 395 toneladas de sucata em Osório e Candelária
GERAL - Material de quase 800 veículos será reciclado
Brigada Militar apreende máquinas caça-níqueis
POLÍCIA - Bar em Venâncio Aires disponibilizava três dispositivos de jogos de azar aos seus usuários
Acesso Grasel receberá mais um trecho para acostamento
GERAL - Prefeitura de Santa Cruz realiza a obra na lateral da principal via de acesso à cidade
TCE-RS determina redução na cobrança da tarifa de ônibus intermunicipal
ECONOMIA - Agência reguladora identificou cobrança ilegal de taxa de embarque para quem não pega o ônibus na rodoviária
Centro de Triagem de presos começa a operar em Porto Alegre
POLÍCIA - Estado anunciou prazo para construção de mais duas unidades prisionais

A decisão por uma vida monástica

Irmã Teresa Paula realizou seus votos temporários

VARIEDADES - 15/12/2012

Alyne Motta - alyne@riovalejornal.com.br

De batismo, Cleofe Martins. Este é o nome da Irmã Teresa Paula do Espírito Santo que, na noite de quarta-feira, 12 de dezembro, realizou sua profissão monástica em uma celebração realizada no Mosteiro da Santíssima Trindade, situado em Linha Travessa, Santa Cruz do Sul.
Esta ocasião refere-se aos votos temporários. Em 2009, Irmã Teresa tomou sua decisão inicial, o postulantado, onde aprofundou seu discernimento e opção. Um período depois, passou para a fase do noviciado, onde continuou a caminhada de formação, intensificando o conhecimento e a prática da vida beneditina.

Alyne Motta

Os votos definitivos de Irmã Teresa Paula podem ser feitos daqui a três anos

Na noite de quarta-feira, Irmã Teresa Paula deu mais um passo em sua vida monástica, onde realizou seus votos temporários. Este momento ocorre depois que a noviça está bem segura de sua vocação. Na profissão monástica, ela compromete-se ao voto de obediência, à conversão de costumes e a permanecer no mosteiro.
De acordo com as leis da Igreja, este período dura no mínimo três anos. Após ele transcorrer felizmente, a jovem professa pode ser recebida para os votos perpétuos, onde faz sua profissão definitiva, ligando-se definitivamente ao mosteiro que a acolheu, assumindo todos os direitos e deveres de uma monja beneditina.

Alyne Motta

Momento em que Irmã Teresa Paula realiza a assinatura de seus votos, escritos ao próprio punho

ORDEM DE SÃO BENTO
O Mosteiro foi fundado em Santa Cruz do Sul no ano de 1997, sendo uma comunidade que segue a regra de vida escrita pelo grande pai dos Monges: São Bento (O.S.B.). Para tanto, as monjas buscam a Deus por meio da vida comunitária, da oração e do trabalho, que vivem com entusiasmo e fervor.

Alyne Motta

Hora em que a irmã prestou juramento perante a Madre Paula Ramos, abadessa do Mosteiro e ao livro contendo a Regra de São Bento

“Não fugimos do mundo, nem o odiamos, mas dele nos afastamos para seguir a Cristo num relativo deserto, como lugar de encontro conosco e com Deus. A certa distância da sociedade, livres de suas convenções e imposições, a monja assume uma caminhada em busca da sabedoria”, explicam as monjas em seu site.
Essa caminhada conduz a monja, pela graça, a um aprofundamento da sua consciência e da sua percepção, até chegar a uma experiência de despojamento, humildade, paz, serviço, alegria e liberdade. O estilo de vida monástico é vivido em muitas culturas e em muitas religiões.

A CELEBRAÇÃO
Presidida pelo bispo Dom Canísio Klaus, a celebração realizada no Mosteiro da Santíssima Trindade teve a presença de Dom Sinésio Bohn, bispo emérito de Santa Cruz do Sul, do Frei Silvio Dall’Agnol, de Dom Marcelo Barros O.S.B., do padre Loreno Konz e do padre Pergentino Pivatto.

Alyne Motta

Irmã Teresa Paula (centro) com as novas vestes e acompanhada das oblatas Irmã Catarina (D) e Irmã Monica (E)

Após a lida dos seus votos, Irmã Teresa Paula trocou suas vestes, acompanhada das oblatas do mosteiro, a Irmã Mônica Obl O.S.B. (Marlene Gomes) e Irmã Catarina Obl O.S.B. (Clarice Jaegger). Este momento mostra a evolução da noviça, que agora está mais segura de sua vocação.
De acordo com o bispo Dom Canísio Klaus, é um grande orgulho realizar uma solenidade como esta. “É a prova de que existem pessoas preocupadas em levar adiante a palavra de Deus”, afirmou durante a solenidade. “Tenho a certeza de que esta escolha é divina”, acrescentou Dom Sinésio Bohn.

Alyne Motta

Alayde Motta (D) foi a responsável pela leitura de uma mensagem enviada por Dom Irineu

Para a Irmã Teresa, um dos momentos mais marcantes foi a leitura de uma mensagem que Dom Irineu Rezende Guimarães enviou e que foi lida por sua irmã, Alayde Guimarães Motta. “Senti que ele estava aqui comigo. Foi um dos responsáveis por eu estar no mosteiro”, declarou Teresa Paula.
Após a celebração, que também marcou as comemorações a Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina, foi realizada uma confraternização com os presentes. “A cada dia sou mais feliz. Aqui encontrei o meu caminho, não melhor ou pior que outros, apenas diferente”, finalizou a Irmã Teresa Paula.