Edição do dia 22/01/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Avenida empata pela segunda vez no Gauchão
ESPORTES - Periquito cedeu igualdade para o Brasil de Pelotas. Próximo jogo é domingo contra o Caxias, fora
Unisc divulga listão dos aprovados no curso de Medicina
GERAL
Secretaria de Esporte promove 1º Santa Cruz Kangoo Fest
ESPORTES
Seminário Internacional com inscrições abertas
EDUCAÇÃO
Centro de Cultura será revitalizado
VARIEDADES
Estão abertas as inscrições de produções audiovisuais de todo o RS para o 6º CineSerra
VARIEDADES
RS pede a suspensão de reajuste de juízes, promotores e defensores
POLÍTICA - Governador faz reunião de emergência e detalha crise financeira
Desenvolvimento Regional
GERAL - Unisc e Unitau promovem Doutorado Interinstitucional
Processos de cassação do direito de dirigir cresceram em 2018 no RS
GERAL
Denúncias aumentam entre dezembro e março
GERAL - Fiscalização já emitiu mais de 100 notificações sobre terrenos baldios em janeiro
As tensões na agenda
OPINIÃO
A educomunicação, o jornal e a sala de aula
OPINIÃO
Produção e difusão do conhecimento: estratégia propulsora para inovação
OPINIÃO
Dia do Aposentado: Passo a passo, a evolução da Previdência
ESPECIAIS
Apopesc investe para atrair novos associados
ESPECIAIS
Santa Cruz já pode ter cemitérios privados para animais
GERAL - A partir de agora cabe a empresas interessadas abraçar a causa
Gauchão 2019: Avenida recebe o Brasil de Pelotas
ESPORTES - Periquito, que vem de empate na primeira rodada em Veranópolis, enfrenta Xavante hoje à noite, nos Eucaliptos
Crítica à perpetuação no poder
EDITORIAL - O caso da Venezuela evidencia as consequências da ditadura

DCE apresenta demandas a candidatos

Nos dias 23, 24 e 25 de setembro os pré-candidatos reuniram com representantes dos estudantes

EDUCAÇÃO - 14/10/2013

Everson Boeck
everson@riovalejornal.com.br


Depois de um período de coleta de sugestões com os estudantes, diretamente ou através de suas representações, o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) elaborou um documento com as principais demandas estudantis, elencadas como prioritárias para os próximos quatro anos na instituição, e entregou aos três candidatos à reitoria da universidade.As reuniões aconteceram nos dias 23, 24 e 25 de setembro quando eles eram pré-candidatos e aguardavam a homologação das candidaturas.
Segundo o Coordenador-geral do DCE, Diego Inácio Goergen, as demandas apresentadas serviram para que os candidatos pudessem montar seu plano de gestão de acordo com as reais necessidades da universidade. “Entendemos que a troca de gestão é um excelente momento para mudanças fundamentais em uma instituição do porte da nossa, especialmente num momento como este, onde, pela primeira vez, três candidatos concorrem à reitoria. Já que uma das propostas dos candidatos é ampliar o diálogo e se aproximar mais da comunidade escolar, estas reuniões aconteceram em um bom momento, pois queremos contribuir. Independente de quem vença a disputa, queremos o melhor para a universidade”, analisa.

DEMANDAS

Goergenrelata que os estudantes fizeram solicitações dentro de cinco grandes eixos:Transparência; Influência política e inserção na comunidade; Infraestrutura física; Estímulo à participação estudantil; e Desburocratização de processos. No primeiro, o coordenador-geral do DCE frisa a sugestão da criação de um “Portal de Transparência” online, mostrando todas as contas da instituição. Da mesma forma, o diretório sugere a publicação, online, de uma agenda de reuniões atualizada, de todas as comissões, conselhos e reuniões setoriais, facilitando o trabalho de pessoas interessadas no controle e fiscalização.
No segundo eixo elencado pelos estudantes, um dos pedidos é que a Unisc exerça maior influência na política municipal e regional. “A Unisc é muito grande para abster-se da discussão de temas como, por exemplo, o sistema de mobilidade urbana e sistema de saúde. Questões como transporte público não podem ficar à espera por decisões em nível de Poder Executivo. Ao mesmo tempo, é precisomaior pressão sobre o município para mudança na estrutura viária do entorno do campus, caótica nos momentos de entrada e saída de aulas”, pontua Goergen.
Neste aspecto, os estudantes também reivindicam a ampliação de estacionamentos, associada a políticas que diminuam uso de carro como transporte individual, bem como melhorias na acessibilidade, seguindo a NBR. “Um exemplo prático: a rampa de acesso para deficientes físicos que vai do Bloco 1 para a Biblioteca é íngreme, sinuosa e sem cobertura. Também se faz necessária a construção de paraciclos e ciclovias, incentivando meios de transporte saudáveis e ecologicamente corretos”, enumera.
As demandas elencadas como prioritárias para os estudantes trazem, em terceiro lugar, questões relacionadas à Infraestrutura física da universidade. Dentre as principais solicitações, Goergen cita a ampliação das áreas cobertas, facilitando deslocamento em toda a área do campus e dos estacionamentos às salas de aula. “Uma das maiores reclamações que temos escutado é sobre a necessidade do aumento do número de salas de aula. Também é preciso que seus tamanhos sejam reestudados, algumas não suportam tantos alunos. Talvez se possa estimular a utilização de espaços alternativos para algumas disciplinas (comunidade, RPPN, ambiente externo, etc.), desafogando o espaço físico da instituição”, observa. Outro pedido dos alunos se refere à ampliação do número de lancherias e locais para alimentação com mesas e cadeiras, além da criação de um restaurante subsidiado a preço acessível (RU).
Os dois últimos eixos levados aos candidatos tratam sobre Estímulo à participação estudantil e Desburocratização de processos. “Sugerimos o abono de faltas para participação de reuniões de Colegiados, assim como a criação de canais de escuta direta às demandas estudantis. Universidades como a Ufrgs, Furg e Ufpelpossuem até pró-reitorias de assuntos estudantis. Também pedimos a criação de espaço no site da Unisc, ou criação de hospedagem no servidor central, para melhor divulgação das atividades das entidades de representação estudantil. A Unisc, enquanto universidade, foi criada há 20 anos e lá montou uma estrutura onde os alunos participavam. Depois de duas décadas isso precisa ser revisto de acordo com a evolução dos tempos”, sintetiza.

Divulgação/Arquivo pessoal

Coordenador-geral do DCE, Diego Goergen: “As demandas apresentadas
serviram para que os candidatos pudessem montar seu plano de gestão”


Unisc elege novo reitor em novembro

Três chapas estão inscritas para disputar as eleições para os cargos de reitor e vice-reitor da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). O pleito eleitoral ocorre de 4 a 8 de novembro. Podem votar os mais de 12 mil estudantes, em torno de 500 professores e 800 funcionários e os 76 representantes das entidades integrantes da Assembleia Geral Comunitária da Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul (Apesc), mantenedora da Universidade.
O voto é facultativo e tem peso de 40% para os docentes, 40% para os estudantes, 10% para os técnicos administrativos e 10% para a Assembleia Geral Comunitária da Apesc, considerando-se para o cálculo do percentual do peso do voto o total de votantes de cada categoria. As urnas estarão distribuídas no Hospital Santa Cruz (HSC) e nos campi da Unisc de Santa Cruz do Sul, Capão da Canoa, Montenegro, Sobradinho e Venâncio Aires. Mais de 300 pessoas vão atuar na organização. A tendência é de que o resultado seja anunciado no dia 10 de novembro, um domingo.
Também serão realizadas, no mesmo período, as eleições para os cargos de coordenador e coordenador Adjunto de Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu – Mestrado e Doutorado; para chefes e subchefes de Departamentos; e para coordenadores e subcoordenadores de cursos.
A cerimônia de posse será realizada em dezembro deste ano e a posse efetiva nos cargos ocorre no primeiro dia útil de janeiro de 2014.

Candidatos

 -A chapa Unisc acima de tudo concorre com os seguintes candidatos: Carlos Renê Ayres - reitor (Departamento de Letras), e Leonardo RizzoloFetter – vice-reitor (Departamento de Direito)(foto). Integram a lista de pró-reitores: Tânia Cristina MalezanFleig (Departamento de Educação Física e Saúde) para a pró-reitoria de Graduação; João Carlos Furtado (Departamento de Informática) para a pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação; Ingo Paulo Kessler (Departamento de Ciências Administrativas) para a pró-reitoria de Administração; Elpídio Oscar Benitez Nara (Departamento de Engenharia, Arquitetura e Ciências Agrárias) para a pró-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional; e Rosana Jardim Candeloro (Departamento de Ciências Humanas) para a pró-reitoria de Extensão e Relações Comunitárias.

Cristiano Silva

 

-A chapa Você no centro de tudo tem como candidata à reitora Carmen Lúcia de Lima Helfer (Departamento de Educação) e a vice-reitor, EltorBreunig (Departamento de Direito)(foto). Integram a lista de pró-reitores: Elenor José Schneider (Departamento de Letras) para a pró-reitoria de Graduação; Andréia Rosane de Moura Valim (Departamento de Biologia e Farmácia) para a pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação; Jaime Laufer (Departamento de Ciências Administrativas) para a pró-reitoria de Administração; Marcelino Hoppe (Departamento de Engenharia, Arquitetura e Ciências Agrárias) para a pró-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional; e AngeloHoff (Departamento de Educação Física e Saúde) para a pró-reitoria de Extensão e Relações Comunitárias.

Carlos Nyland


-A chapa Unisc somos todos nós concorre com João Pedro Schmidt como candidato a reitor (Departamento de Ciências Humanas); e Ana ZoéSchilling da Cunha como candidata a vice-reitora (Departamento de Enfermagem e Odontologia)(foto). Integram a lista de pró-reitores: Ana Luisa Teixeira de Menezes (Departamento de Psicologia) para a pró-reitoria de Graduação; Rogério Leandro Lima da Silveira (Departamento de História e Geografia) para a pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação; Silvio Cezar Arend (Departamento de Ciências Econômicas) para a pró-reitoria de Administração; Ana Flavia Marques (Departamento de Ciências Administrativas) para a pró-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional; e Luciano Nunes Duro (Departamento de Biologia e Farmácia) para a pró-reitoria de Extensão e Relações Comunitárias.

Alyne Motta