Edição do dia 15/08/2017

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Sub-15 do Cestinha é campeão Sul-Brasileiro de Clubes de 2017
ESPORTES - Projeto do Sesi e da Unisc conquistou título em Caxias do Sul
POE prende foragidos da justiça em Santa Cruz
POLÍCIA - Brigada Militar realizou duas prisões na tarde desta quarta, de pessoas que estavam procuradas
Avenida renova com treinador do Acesso
ESPORTES - Fabiano Daitx vai comandar o Periquito também na Série A
Santa Cruz do Sul recebe a 4ª etapa do Brasileiro de Endurance
ESPORTES - Prova de longa duração acontecerá neste sábado, dia 19 de agosto
Começam nesta quarta-feira as semifinais da Copa do Brasil
ESPORTES - Olhares gaúchos estão voltados para Grêmio x Cruzeiro, na Arena
Detran recicla 395 toneladas de sucata em Osório e Candelária
GERAL - Material de quase 800 veículos será reciclado
Brigada Militar apreende máquinas caça-níqueis
POLÍCIA - Bar em Venâncio Aires disponibilizava três dispositivos de jogos de azar aos seus usuários
Acesso Grasel receberá mais um trecho para acostamento
GERAL - Prefeitura de Santa Cruz realiza a obra na lateral da principal via de acesso à cidade
TCE-RS determina redução na cobrança da tarifa de ônibus intermunicipal
ECONOMIA - Agência reguladora identificou cobrança ilegal de taxa de embarque para quem não pega o ônibus na rodoviária
Centro de Triagem de presos começa a operar em Porto Alegre
POLÍCIA - Estado anunciou prazo para construção de mais duas unidades prisionais

Preenchendo os ouvidos com boa música e humor

Show do santa-mariense Beto Pires, produzido pela Santa Confraria Produções, encantou o público

VARIEDADES - 07/12/2013

Cristiano Silva
cristiano@riovalejornal.com.br

Rolf Steinhaus

Produzido pela Santa Confraria Produções, apresentação do músico santa-mariense
rendeu interatividade e risadas em meio a excelentes releituras musicais

Uma mistura de humor, interatividade e claro, boa música. É esse o melhor resumo da apresentação que Beto Pires fez na última quarta-feira, 4 de dezembro, no Teatro do Mauá em Santa Cruz do Sul. O santa-mariense havia passado por Santa Cruz no dia 1º de outubro deste ano, para uma participação especial no Tributo a Vinicius de Moraes. A performance rendeu elogios e a Santa Confraria Produções agendou uma data para o show completo do músico.
Toda essa relação com Santa Cruz, porém, não vem de agora. Em entrevista ao Riovale Jornal, o próprio Beto Pires revelou já conhecer e gostar da cidade há muito tempo. “Essa relação com Santa Cruz vem de muitos anos. Eu vinha pra cá e fazia umas festas muito boas no Van Gogh e outros bares. Fiz muitos shows em barzinhos, conheço o público e sempre gostei daqui” destaca Beto Pires que revela estar honrado com a produção feita para o seu show.
“Show meu mesmo, fora barzinhos, é a primeira vez que estou fazendo, e ter essa estrutura só pra mim é ótimo, estou honrado e agradeço demais aos amigos da Santa Confraria. Que aconteça mais vezes!” finalizou o músico.

Rolf Steinhaus

Beto Pires interagiu com o público santa-cruzense em meio a
releituras de clássicas canções de diversos estilos

O SHOW

Com músicos de Santa Maria, a banda de Beto Pires contou também com músicos da mais alta categoria de Santa Cruz do Sul. Astor Rocha na bateria, GilneiEllwanger nos teclados e Denis Job no baixo, deram o toque musical santa-cruzense na apresentação, que, diga-se de passagem, aliou o talento musical de Beto Pires com muita interatividade com o público, além do bom humor característicodo santa-mariense, que desde os 16 anos já tocava em bares noturnos e improvisava, interagindo com a platéia usando o humor como intermediário entre uma canção e outra.
Em meio a canções de rock como StairwaytoHeaven do Led Zepellin e Hallelujah de Leonard Cohen – esta última cantada maravilhosamente bem por Juliana Pires –, “canções orações” como definiu Beto, também fizeram parte do repertório, como por exemplo, “Tocando em Frente”, composta por Renato Teixeira e Almir Sater.
Vinícius de Moraes e Benito de Paula foram os pedidos feitos pelo público de quase 300 pessoas presentes no Teatro do Mauá. Beto Pires prontamente atendeu com as canções “Regra 3” e “Retalhos de Cetim”, respectivamente de cada artista.
Em uma brincadeira com os dois grandes clubes de futebol do estado, Grêmio e Internacional, Beto Pires cantou a música “Vermelho” de Fafá de Belém e “Querência Amada” de Teixeirinha. O músico utilizou-se de um repertório selecionado que foi da música popular brasileira até canções gaúchas, sertanejas, chorinhos e rock. O público cantou, riu e se emocionou ao recordar músicas que estarão eternamente gravadas nas lembranças de todos.
Para um dos organizadores do evento, Samuel Henrique Machado, o show teve a missão cumprida. “Foi um sucesso. Só elogios. Um público legal pode comparecer, o Beto terminou o show de quase duas horas aplaudido de pé. Gostamos muito, mesmo sabendo que agora é uma época difícil para realização de show em teatro, resolvemos arriscar assim mesmo e saímos muito satisfeitos, pois se o público sai feliz, então nós da Santa Confraria Produções subentendemos a missão cumprida” revela Samuel que finaliza prometendo novidades para 2014. “Ano que vem estamos programando um show de Samba de Raiz e Bossa Nova”.

Rolf Steinhaus

Músicos santa-cruzenses fizeram parte da banda de Beto Pires