Início Sem categoria Descida da Júlio anima foliões

Descida da Júlio anima foliões

Patrik Nunes, Larissa Borges, Willian Nunes, Charles Nunes e Miguel Santos participaram pela primeira vez da Descida da Júlio

Ricardo Gais
[email protected]

Muita alegria, descontração e boa música marcaram a quarta edição do Carnaval de rua em Santa Cruz do Sul, realizado na noite do último sábado, 7. A Descida da Júlio, evento desenvolvido pela Sociedade Cultural e Beneficente União, teve animação de Dj, concurso de maior bloco e melhor fantasia. A concentração ocorreu na Praça Siegfried Heuser, às 20 horas.
O evento neste ano contou com ajuda de verba federal de R$ 20 mil, valor oriundo do projeto Culturas Populares 2019, organizado pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo. 
Conforme a organizadora, Camila Lopes, o valor da verba foi usado para custos com sonorização, músicos, fantasias, confecção de camisetas e principalmente segurança e limpeza. Neste ano uma produtora local foi contratada para realizar a gravação do evento com captação de imagens a partir de um drone.
Segundo Camila, o público circulante foi de aproximadamente três mil, visto que algumas pessoas vão à concentração e participam da descida, já outras esperam em frente à sede do União.
A Descida da Júlio teve início por volta das 23 horas e seguiu acompanhada da bateria do União e integrantes da Embaixadores do Ritmo de Rio Pardo. Durante o trajeto, pessoas de todas as idades cantavam e sambavam no ritmo da bateria, com paradinhas ao longo do percurso. 

O evento contou com a presença de grande público

Antes da descida ocorreram as premiações. O bloco contemplado com R$ 100 foi o “Unidos do Gole”. A melhor fantasia infantil ficou com a menina vestida de “Mulher Maravilha” que ganhou R$ 25. A melhor fantasia adulta ficou com o trio de amigos vestidos de “Meninas Super Poderosas”, que recebeu R$ 50. 
Este ano houve uma mudança em relação ao local do início do evento, que começou na Praça Siegfried Heuser. Já nas edições anteriores iniciava em frente à Caixa Econômica Federal. O motivo se deu, pois os integrantes da bateria achavam o trajeto longo o que se tornava cansativo, explicou Camila.
Para os irmãos santa-cruzenses Patrik, Charles e Willian Nunes, que participaram pela primeira vez da Descida da Júlio, o evento é diferente e democrático e qualquer pessoa pode participar. Eles salientaram que a cidade tem potencial para realizar um grande Carnaval, mas falta atenção por parte dos órgãos competentes.
Após o fim da descida a festa continuou na sede do União. Os foliões puderam participar mediante compra de ingressos limitados. Devido ao sucesso, a Descida da Júlio segue no ano que vem, “a nossa ideia é tornar o evento cada vez maior e poder fazer com que seja totalmente gratuito no próximo ano,” disse a organizadora.