Início Geral Dengue e outras doenças: informação é essencial no combate

Dengue e outras doenças: informação é essencial no combate

Jovens replicam as orientações que recebem nas escolas

A informação é um importante instrumento no combate ao mosquito Aedes aegypti. O inseto é responsável pela transmissão de doenças como a dengue, a chikungunya, a zika e a febre amarela. Por isso, a Prefeitura de Santa Cruz do Sul vem investindo também na realização de palestras em escolas no município.


Foi o que aconteceu na manhã de segunda-feira, 23, na Escola Estadual Nossa Senhora da Esperança, no Bairro Santa Vitória. Uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde compareceu no local para falar aos alunos sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito e como agir em caso de suspeita de alguma das doenças que podem ser transmitidas pelo inseto.


A secretária de Saúde, Daniela Dumke, acredita que crianças e adolescentes tem um papel fundamental na multiplicação de informações sobre como enfrentar o mosquito e frear sua proliferação. Ela convidou os estudantes a tomarem parte nas ações, conversando com familiares e vizinhos sobre o que aprenderam na palestra. “Vamos formar um grande time, para que vocês possam dizer que também ajudaram a combater o mosquito em Santa Cruz”, ressaltou.


As agentes de saúde Roselane Nunes da Silva, Fernanda Beatriz Eisenhardt e Débora Larissa Camargo conversaram com três turmas de alunos. Durante o primeiro encontro, com crianças de 4ª e 5ª séries, abordaram o ciclo de vida do mosquito, os sintomas das doenças e os criadouros, entre outras questões. Os jovens também puderam manusear amostras com larvas do inseto e receberam materiais informativos. Caracterizada como mosquito, Débora contribuiu para descontrair o bate-papo e prender a atenção dos jovens.

Ana Clara já conhece o mal-estar provocado pela dengue

Aluna da 4ª série do ensino fundamental, Ana Clara dos Santos, de 9 anos de idade, assistiu atentamente à apresentação. Ela ainda lembra do mal-estar que sentiu em 2021, quando contraiu dengue. A menina vem se empenhando em estimular a família a tomar as medidas necessárias para deixar o pátio de casa limpo, evitando o surgimento de criadouros do inseto. “A palestra foi muito legal, é um aviso para que o mosquito não se prolifere e não tenhamos mais essa doença”, avaliou Ana Clara.


A agente Roselane considera a interação com os públicos infantil e jovem um grande trunfo nas ações contra o Aedes aegypti. “As crianças são os melhores multiplicadores. Elas recebem a informação sem preconceitos. Os adultos têm a ideia de cobrança, de fiscalização. E quando a gente pede ajuda para as crianças, elas se sentem responsáveis”, observou.
Diretor da Emef Nossa Senhora da Esperança, o professor Eduardo Tesche Paim considera as ações de informação e orientação importantes para a comunidade. “É fundamental, a dengue é uma doença que está se agravando”, sublinhou. Escolas e entidades interessadas em agendar palestras sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti podem fazer contato pelo telefone 3715-1546 ou e-mail [email protected]

Fumacê em dois locais hoje

A Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde realiza nesta quarta-feira, 25, a primeira aplicação do fumacê em dois pontos: Bairro Avenida e parte da Avenida Independência. A ação vai ser executada das 17 horas às 18h30. Esse trabalho requer algumas precauções por parte da população. Como o equipamento produz ruído, é preciso se ter atenção especial com pessoas autistas, enquanto animais de estimação devem ser mantidos nos fundos das propriedades ou abrigados dentro das residências durante o período da ação.


O Departamento de Vigilância e Ações em Saúde solicita à comunidade que siga as seguintes orientações durante a passagem do carro do fumacê:


• permaneça dentro de casa;
• abra as portas, janelas e box do banheiro;
• cubra alimentos, frutas e bebedouros de animais;
• retire roupas do varal mesmo que molhadas;
• proteja crianças e idosos propensos a asma e alergia;
• cobrir aquários e gaiolas de pássaros;
• não permaneça na rua durante a passagem do carro de inseticida;
• não deixe crianças ou animais seguirem a viatura;
• em caso de intoxicação, procure o serviço médico mais próximo.
Confira o roteiro de aplicação do fumacê:
• Avenida Independência – trecho entre as ruas Coronel Oscar Jost e Rua São José;
• Rua Coronel Oscar Jost – trecho entre as ruas São José e Avenida Independência;
• Rua Senador Salgado Filho;
• Rua Felipe Heuser;
• Rua Barros Cassal;
• Rua Vereador João Carlos Frantz;
• Rua Conselheiro Augusto Mergener;
• Rua Vereador Storck;
• Rua Cerro Largo;
• Rua Vereador Assmann;
• Rua Padre Amstad;
• Rua Piratini.